Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Fluminense escapa da altitude e encara grupo acessível em busca do bi da Libertadores

Tricolor só faz jogos em capitais da América do Sul

Futebol|

Lance
Lance Lance (Lance)

Atual campeão da Libertadores, o Fluminense encara um grupo acessível em busca do bicampeonato continental. O Tricolor tem duas semanas e meia de treinos visando a estreia diante do Allianza Lima, do Peru.

Além do confronto contra o vice-campeão peruano em 2023, o Time de Guerreiros também enfrenta o Cerro Porteño, do Paraguai, e Colo-Colo, do Chile. Com isso, a equipe de Fernando Diniz faz partidas apenas em capitais da América do Sul.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

➡️Com R$100, você pode faturar R$2000 na Lance! Betting com o futuro campeão da Libertadores 2024!

Continua após a publicidade

LOGÍSTICA

Em relação a logística, o Fluminense pode se considerar um clube de sorte após a definição de grupos da Libertadores. O Tricolor encara três clubes de capitais, em que as viagens do Rio de Janeiro para Lima, Assunção e Santiago não serão problemas.

Continua após a publicidade

A equipe de Fernando Diniz não precisará fazer longas viagens nas excursões que realizará nos duelos fora de casa. A estreia no Peru será o caminho mais longo com cerca de 5h30 de viagem de avião sem escalas.

Já as viagens para Assunção e Santiago, onde irá enfrentar Cerro Porteño e Colo-Colo, respectivamente, não chegam nem a 5h de avião em voos diretos. São locais mais fáceis de chegar em relação outros países, como Colômbia e Venezuela, mas também em relação a cidades longes das metrópoles urbanas.

Continua após a publicidade

E o Time de Guerreiros também pode comemorar o fato de não enfrentar jogos na altitude, o que era uma preocupação pública através das declarações de Mário Bittencourt e Fred. É um dos grupos mais acessíveis para avançar às oitavas de final.

ADVERSÁRIOS

Alianza Lima - O clube é o atual vice-campeão peruano, mas não faz uma boa campanha no início de 2024. Em oito jogos do Apertura, a equipe de Alejandro Restrepo soma quatro vitórias e quatro derrotas e ocupa apenas a 7ª colocação dentre 18 times que disputam o torneio. O centroavante é Hernán Barcos, que soma passagens marcantes com as camisas de Palmeiras e Grêmio.

Cerro Porteño - O clube é o atual vice-campeão paraguaio, mas também não faz um bom início de temporada em 2024. Em 10 partidas do Apertura, a equipe azulgrana ocupa apenas a 5ª colocação em um torneio com 12 times. O elenco conta com o atacante Edu, que se destacou por Cruzeiro e Coritiba, além de outras peças experientes.

Colo-Colo - Na temporada passada, o clube encerrou o Campeonato Chileno na 3ª colocação. Atualmente, a equipe de Jorge Almirón, que comandou o Boca Juniors na decisão da Libertadores contra o Fluminense, ocupa a 6ª colocação após cinco jogos. O time de maior massa do país vive um período irregular, mas conta com o meia Arturo Vidal no plantel.

DATAS

GRUPO A

1ª rodada (2 a 4 de abril):

Alianza Lima x Fluminense

2ª rodada (9 a 11 de abril):

Fluminense x Colo-Colo

3ª rodada (23 a 25 de abril):

Cerro Porteño x Fluminense

4ª rodada (7 a 9 de maio):

Colo-Colo x Fluminense

5ª rodada (14 a 16 de maio):

Fluminense x Cerro Porteño

6ª rodada (28 a 30 de maio):

Fluminense x Alianza Lima

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.