Futebol Flu sofre com chuva, mas aposta nos artilheiros e segue na Copa do Brasil

Flu sofre com chuva, mas aposta nos artilheiros e segue na Copa do Brasil

Gramado do Maracanã ficou castigado com a chuva que atingiu a cidade do Rio de Janeiro e o Tricolor teve muita dificuldade para tocar a bola e impôr o seu estilo de jogo

Gramado do Maracanã ficou castigado com a chuva que atingiu a cidade do Rio de Janeiro e o Tricolor teve muita dificuldade para tocar a bola e impôr o seu estilo de jogo

Lance

Lance

Lance

O objetivo foi cumprido: o Fluminense está classificado para a quarta fase da Copa do Brasil. A vaga veio após a vitória por 2 a 0 contra a Luverdense, nesta quarta-feira, no Maracanã, em jogo que chegou a ser adiado anteriormente. Quem vê os adversários e o placar, mas não assistiu a partida, classifica como um triunfo normal. Mas o fator chuva fez com que a partida fosse diferente.

É difícil analisar tática ou técnica nestas condições. Basta ver os jornais para entender os reflexos do temporal que atingiu o Rio de Janeiro. Esse, inclusive, foi o motivo para a partida ter sido adiada. Dentro de campo, a chuva castigou o gramado do Maracanã e atrapalhou 45 minutos da partida, no mínimo. O próprio Fernando Diniz falou sobre.

- O time foi bem emocionalmente. Hoje, com a chuva, o campo passou a ser um grande adversário. Se a chuva não para teríamos mais dificuldades para jogar. Quando deu uma trégua, inauguramos o marcador e tivemos mais chances para marcar. O campo foi um dos obstáculos, com a chuva ficou mais difícil - declarou Fernando Diniz.

Os números mostram o cenário de uma equipe que teve a bola, como de costume, mas sofreu para levá-la até o campo de ataque. Foi normal ver as jogadas do Fluminense parando nas possas d'água no gramado. Por outro lado, o "estilo Diniz" também se destaca por não ter perdido a organização mesmo quando estava impráticável o campo de jogo.

Quando as coisas estão ruins, quem tem que aparecer? Os artilheiros, claro. Foi assim que o Fluminense conseguiu a vitória após a eliminação no Campeonato Carioca. Quando tudo parecia parar na chuva, o faro do vice-artilheiro da temporada Yony Gonzalez apareceu para desafogar o Fluminense na partida. O Tricolor pouco criou, mas marcou na chance clara que teve.

Bastou para mudar o jogo. Quando a chuva parou e a drenagem fez o gramado melhorar, o Fluminense mostrou porque era superior tecnicamente e definiu a vitória com Luciano, artilheiro de 2019 com 11 gols - após um belo passe de Allan, vale registrar. Superior, o Tricolor passou a gastar tempo até confirmar a vitória e avançar para a próxima fase da Copa do Brasil.

Com a vitória, o Tricolor faturou R$ 1,9 milhão pela vaga e aguarda o sorteio da quarta fase da Copa do Brasil, que acontece na próxima sexta-feira. Datas previstas para os jogos, de acordo com tabela da CBF, são 17/04 e 24/04.