Futebol Flamengo viaja para Florida Cup ainda com lacunas no elenco

Flamengo viaja para Florida Cup ainda com lacunas no elenco

Diretoria está no mercado em busca de reforços e novos nomes podem chegar no decorrer da pré-temporada, período em que o técnico Abel Braga pretende 'dar forma' ao time

Diretoria está no mercado em busca de reforços e novos nomes podem chegar no decorrer da pré-temporada, período em que o técnico Abel Braga pretende 'dar forma' ao time

Lance

Lance

Lance

O Flamengo embarca, neste domingo, para os Estados Unidos, onde vai disputar a Florida Cup, com apenas uma cara nova e algumas lacunas no elenco. Com negociações por reforços - Bruno Henrique pode ser anunciado em breve - em curso, o técnico Abel Braga terá boa parte da pré-temporada sem, talvez, nomes importantes para o restante do ano.

Nos Estados Unidos, o time rubro-negro vai encarar o Ajax, da Holanda, e o Eintracht, da Alemanha. A estreia no Campeonato Carioca será contra o Bangu, no dia 19 ou 20 de janeiro.

A diretoria ainda busca nomes para a zaga, laterais, meio e ataque. Arrascaeta, do Cruzeiro, negocia e pode pintar na Gávea. Gabigol chegou a ter conversas avançadas, mas exigências da Inter de Milão, da Itália, para que o empréstimo fosse concretizado esfriaram o negócio. Para as laterais, houve procura por alguns jogadores, mas, até o momento, o mais quente é Rafinha, do Bayen de Munique, da Alemanha, mas ele só estaria liberado no meio do ano.

Na apresentação no Rubro-Negro, que aconteceu na última quarta-feira, o treinador, que chega para substituir Dorival Júnior, salientou a importância deste período de treinamentos para implantar o estilo de jogo que pretende utilizar e indicou que, neste início de ano,há a possibilidade de utilizar time alternativo.


- A minha maneira, é 4-3-3. Da maneira moderna, 4-1-4-1. Assim que vou jogar aqui, com três atacantes. Em relação a um ou outro jogador, vou tentar fazer com que atuem de forma diferente - disse ele, que completou:

- Quero ganhar o máximo que puder, mas espero sempre priorizar o próximo jogo. Independentemente da equipe que estará em campo. Acho que, estrategicamente, houve um erro esse ano. Talvez, pelo número de jogadores. Não suporta. Não suporta porque ninguém prepara equipe para 70 jogos em 17 dias. Neste primeiro mês, o torcedor vai ter de entender que, talvez, não vai ter equipe titular. vai ter de rodar.

Durante a Florida Cup do ano passado, quando estava à frente do Fluminense, Abel fez testes com o time usando três zagueiros, formação que acabou utilizando enquanto esteve à frente da equipe tricolor - pediu demissão em junho, no começo da paralisação do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo.

Problema no ano passado

Na última temporada, o Fluminense estreou no Carioca com uma equipe quase Sub-20. Isso porque, houve um atraso no voo que trazia a delegação tricolor de volta ao Brasil, após a Florida Cup, e não existiu tempo hábil para que os jogadores chegassem e pudessem se preparar para a partida contra o Boavista.