Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Flamengo demite preparador físico Pablo Fernández, que agrediu Pedro

Sem se pronunciar oficialmente, clube comunica decisão ao argentino. Sampaoli terá reunião neste domingo

Futebol|

Lance
Lance Lance

Pablo Fernández não faz mais parte da comissão técnica do Flamengo. Como já era esperado, o clube decidiu demitir o preparador físico que agrediu Pedro com um soco no rosto após a vitória por 2 a 1 no Atlético-MG.

O argentino foi comunicado da decisão no começo da noite deste domingo. A informação foi publicada pelo site "ge" e confirmada pelo Lance!.

+ Pablo Fernández, preparador do Flamengo, se pronuncia após agressão em Pedro: ‘Reagi da pior forma’

Ainda neste domingo, a diretoria rubro-negra terá uma reunião com Jorge Sampaoli para definir o futuro do treinador e de Marcos Fernández, filho do ex-preparador que também faz parte da comissão.

Publicidade

Até agora, o Flamengo não se pronunciou oficialmente sobre o episódio de agressão de Pedro. A tendência é que o clube só se manifeste após bater todos os martelos.

+ Quem é Pablo Fernández? Conheça preparador do Flamengo que agrediu Pedro

Publicidade

Leia o posicionamento de Pablo Fernández:

"Eu poderia começar essas palavras de mil maneiras, mas a única que realmente faz sentido é pedir desculpas. Ao Pedro, aos colegas, aos trabalhadores e ao Flamengo.

Publicidade

Entrei no vestiário muito chateado, querendo resolver logo a situação e fiz errado. Foi planejado que hoje seria um dia de folga. É uma pena, porque eu gostaria de poder, primeiro, falar sobre isso pessoalmente com todos os funcionários do clube. Senti-me muito magoado com uma situação e reagi da pior forma.

Estive pensando sobre o que aconteceu por horas e gostaria de poder voltar no tempo. Mas não se pode. O que existe é o presente e o futuro. Isso é pedir perdão e tentar novamente. Todas as vezes que for necessário. Lamento e gostaria de corrigir.

Publicidade

A alta competição geralmente tem coisas que nos fazem mal. Situações de alto estresse que nos fazem reagir e pensar mal. Não pretendo situar esse contexto como uma desculpa, mas como uma explicação."

Entenda o que aconteceu em Belo Horizonte:

> Após as entradas de Luiz Araújo e Cebolinha, Pedro se recusou a continuar no aquecimento. O Flamengo ainda tinha uma substituião disponível.

> No vestiário, o preparador físico disse que Pedro o desrespeitou em público e fez cobranças ríspidas.

> O camisa 9 retrucou e criticou a comissão técnica de Sampaoli por estar sendo "minado" desde o início do trabalho.

> Pablo Fernández não gostou da acusação, deu tapinhas e, em seguida, um soco na boca do atacante.

> Pedro prestou depoimento em delegacia de Belo Horizonte e passou por exame de corpo de delito, que confirmaram a agressão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.