Futebol Fim de uma era? Liga dos Campeões não terá Messi nem CR7 nas quartas pelo segundo ano seguido

Fim de uma era? Liga dos Campeões não terá Messi nem CR7 nas quartas pelo segundo ano seguido

Maiores artilheiros da história da competição, o português e o argentino caíram nas oitavas e se despediram de forma precoce

Lance
De 2006 até 2020, pelo menos um dos dois craques se classificou para as quartas da Champions

De 2006 até 2020, pelo menos um dos dois craques se classificou para as quartas da Champions

Lance

Maiores artilheiros da história da Champions League, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo não estarão presentes nas quartas de final do torneio pelo segundo ano consecutivo. Com a eliminação do Manchester United nesta terça-feira, o português juntou-se ao argentino, que caiu com o PSG na semana passada.

Entre 2006 e 2020, pelo menos um dos dois esteve classificado entre os oito melhores times do Velho Continente, algo que aconteceu com os dois em 12 das 15 temporadas. Mais de uma década depois, a idade já não é a mesma, o auge da dupla parece ter ficado para trás, e a capacidade de decisão foi diminuindo.

Messi, de 35 anos, foi eliminado pelo Real Madrid neste ano em sua primeira temporada com a camisa do Paris Saint-Germain. Na época passada, sua última pelo Barcelona, o argentino deu adeus ao torneio justamente para o PSG. Nos dois anos ele perdeu pênalti nas oitavas de final.

Já a situação de Cristiano Ronaldo é ainda pior. Após se transferir para a Juventus em 2018, ano em que foi campeão pelo Real Madrid, o português chegou às quartas em sua primeira temporada, mas desde então não passa dessa fase. Lyon, Porto e agora o Atlético de Madrid, respectivamente, foram os algozes.

Messi e Cristiano não estão mais no auge, e isso fica nítido pelas eliminações. Mas, o que nos resta agora é aproveitar esse pouco que eles ainda têm para mostrar — esse sprint final na carreira de dois jogadores que semana a semana se desafiaram, elevaram um ao outro esportivamente, e nos fizeram, amantes do futebol, ainda mais apaixonados por esse esporte maravilhoso.

CR7 falha, brasileiro brilha e Atlético tira o United da Champions

Últimas