Futebol Fim das férias: jogadores do Botafogo continuarão treinando em casa

Fim das férias: jogadores do Botafogo continuarão treinando em casa

Diante da pandemia do coronavírus, ordem da diretoria é que atletas não façam treinos presenciais; comissão técnica enviará cartilhas específicas ao elenco na próxima semana

Lance
Lance

Lance

Lance

As férias no Botafogo acabaram. De forma forçada por conta da pandemia do coronavírus, a diretoria do Alvinegro adiantou os 30 dias de descanso aos jogadores, mas o elenco - tanto profissional quanto as categorias de base - volta a trabalhar normalmente a partir desta sexta-feira, primeiro dia do mês de maio, com mudanças na programação.

Mesmo que a tendência junto à CBF e o Ministério de Saúde seja a liberação dos treinos presenciais, não há chance, neste momento, dos jogadores do Botafogo realizarem atividades in-loco. A diretoria entende que o momento, mesmo com a possível aprovação do órgão máximo de futebol no país, é de cuidados redobrados para evitar o contágio do coronavírus.

Desta forma, os jogadores passarão por um período de home training, inicialmente previsto para todo o mês de maio. Na última quinta-feira, os membros da comissão técnica fizeram uma reunião, por videoconferência, e debateram quais serão os exercícios que os jogadores vão fazer durante o período longe do Estádio Nilton Santos. A intenção é evitar que o elenco fique parado e tenha problemas musculares no retorno das competições.

Depois, foi a vez do Comitê Executivo de Futebol, também de forma virtual, se reunir. Na noite de quinta-feira, a diretoria do Botafogo endossou a decisão de manter os treinamentos individualizados - pauta inicialmente defendida por Carlos Augusto Montenegro - e debateu as estratégias fora das quatro linhas em relação a maio.

Os jogadores, tanto do profissional quanto da base, vão receber as cartilhas de treino na próxima segunda-feira - ou, no mais tardar, na terça-feira. Os horários das atividades serão padronizados - para que todos trabalhem ao mesmo tempo - e a carga dos exercícios feitos colocada de acordo com a força física de cada atleta.

Mesmo que as atividades presenciais sejam liberadas no decorrer do mês, o Botafogo manterá a postura de manter as atividades individualizadas, em casa. A diretoria e o treinador Paulo Autuori defendem que, no momento, o mais importante é zelar pelas vidas que podem correr riscos.

Últimas