Futebol Fernando Diniz explica decisão em deixar Pato no banco do São Paulo

Fernando Diniz explica decisão em deixar Pato no banco do São Paulo

Jogador ficou no banco de reservas nos dois últimos compromissos do Tricolor na temporada e ainda não entrou em campo em partidas do Brasileirão 

Lance
Lance

Lance

Lance

Badalada contratação do São Paulo no ano passado, o atacante Alexandre Pato está em baixa. Titular no começo do trabalho de Fernando Diniz, o jogador foi preterido nos dois últimos jogos do Tricolor na temporada e perdeu espaço para os jovens atletas formados na base.

No último domingo, o São Paulo perdia para o Vasco por dois gols de diferença. Precisando buscar o resultado, Fernando Diniz colocou Helinho e Gonzalo Carneiro em campo e deixou Pato no banco. Vale lembrar que o astro são-paulino já havia perdido espaço para Paulinho Bóia, escolhido como substituto de Vitor Bueno - ausente dos dois últimos jogos por conta de um edema no adutor da coxa esquerda.

Logo após o revés no Rio de Janeiro, o treinador são-paulino foi questionado sobre a situação de Pato e explicou sua decisão em manter o atacante no banco de reservas, mesmo com dois gols de desvantagem no marcador e pouco tempo no relógio para tentar uma reação.

- Como sempre faço, coloco aqueles que eu acho que o momento do jogo pede. Estávamos com Paulinho aberto, colocamos Helinho, Igor Vinícius e teríamos bolas mais alçadas na área, que era a intenção nossa, e um jogador com a estatura dele [Gonzalo Carneiro] poderia levar mais vantagem para podermos fazer os gols que precisávamos para pelo menos empatar - comentou Fernando Diniz.

A última vez que Pato entrou em campo foi na eliminação do São Paulo no Campeonato Paulista, no dia 29 de julho. Titular naquela partida, o atacante deixou o campo aos 21 minutos do segundo tempo para dar lugar a Helinho. O Tricolor acabou derrotado, por 3 a 2, e deu adeus ao estadual.

Em 2020, o dono da camisa 7 do clube do Morumbi esteve em campo em 13 oportunidades e marcou quatro gols. Ao todo, desde seu retorno ao São Paulo, Pato participou de 35 partidas e balançou as redes adversárias nove vezes.

Últimas