Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Fenerbahçe abandona o campo como protesto em clássico diante do Galatasaray; veja o momento

Equipes disputariam o título da Supercopa da Turquia

Futebol|Do R7

Lance
Lance Lance (Lance)

Como forma de protesto, o Fenerbahçe abandonou o campo com um minuto do jogo do clássico diante do Galatasaray. Antes disso, a equipe já tinha escalado o elenco sub-19 para a partida, preservando o time principal, e entregado um gol para o adversário, marcado por Icardi logo no primeiro lance da partida. Veja estes momentos no vídeo abaixo.

➡️ A boa do Lance! Betting: vamos dobrar seu primeiro depósito, até R$200! Basta abrir sua conta e tá na mão!

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

➡️ Relembre brasileiros que são ídolos em Fenerbahçe e Galatasaray

Publicidade

ENTENDA O PROTESTO DO FENERBAHÇE

Em litígio com a Federação Turca de Futebol (TFF) após os desdobramentos da batalha campal ocorrida no duelo diante do Tranzonspor, o Fenerbahçe pediu o adiamento da Supercopa com a justificativa de que gostaria de se preparar melhor para o duelo diante do Olympiacos, da Grécia, pela Conference League. Além disso, a direção do clube solicitou a presença de um árbitro estrangeiro no clássico.

Publicidade

A TFF, no entanto, não apenas manteve a data da decisão como escalou Volkan Bayarslan, um árbitro turco, para a partida. Em resposta à decisão da entidade, o Fenerbahçe emitiu um comunicado no qual afirmou que escalaria a equipe sub-19 para o jogo (o que de fato aconteceu).

Este mesmo comunicado já deixava no ar a possibilidade de que a equipe induzisse um término do jogo antes dos 90 minutos. Inicialmente, se pensava que os jogadores forçariam três expulsões e deixariam o gramado por não haver jogadores suficientes para entrar em campo.

O clássico entre Fenerbahçe e Galatasaray estava marcado originalmente para dezembro de 2023, na Arábia Saudita, mas foi adiado de última hora graças a um boicote de jogadores de ambas as equipes. Isso porque havia uma restrição da exibição de símbolos turcos no país asiático. A partida, então, foi remarcada para o dia 7 de abril.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.