Futebol Feliz, 2022! O que esperar do Corinthians nesta temporada

Feliz, 2022! O que esperar do Corinthians nesta temporada

Após um 2021 sem títulos, a principal expectativa para o Timão no novo ano é a conquista de pelo menos um dos quatro campeonatos que o clube disputará

Lance
Lance

Lance

Lance

Tudo o que o torcedor do Corinthians espera é um feliz ano novo. Aquele que vai muito além dos votos, mas que seja visto nas quatro linhas e comemorado nas arquibancadas.

Esse também é o desejo da diretoria, que reforçou o elenco no segundo semestre do ano passado, já viu evolução em relação a como o time iniciou a temporada passada, e projeta reforços como 'cereja do bolo' para 2022, principalmente se tratando de um centroavante de peso.

Neste ano, o Timão disputará o Campeonato Paulista, Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores, sendo o torneio continental o principal objetivo do clube.

Ainda assim, otimista, a linguagem da direção é de cautela financeira, pois entende que a dívida total do clube é de R$ 1 bilhão, mas está na expectativa do equilíbrio entre o campo e o caixa.

O trabalho do técnico Sylvinho ainda é uma incógnita. A ala uniformizada da torcida defende a saída do treinador, que, por sua vez, está assegurado pela diretoria. Em 2021 ele não iniciou o ano como treinador corintiano, portanto herdou um planejamento técnico que não era dele. Agora será Sylvio o responsável pela condução do futebol nesta temporada.

O time base do Corinthians até aqui é Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Paulinho; Willian, Giuliano, Renato Augusto e Róger Guedes; Jô (ou o novo centroavante que o clube espera contratar). No banco de reservas alguns nomes que se destacaram na temporada, como Cantillo, Du Queiroz, Gabriel Pereira, Gustavo Mosquito e Adson.

E se em 2021 os resultados finais foram satisfatórios em relação as perspectivas iniciais, que apontavam o Timão como candidato nas disputas pela fuga em partes inferiores das tabelas nas competições que disputou, mas, ainda que na Sul-Americana e na Copa do Brasil as campanhas foram frustrantes, com eliminações precoces, no Paulista o time foi semifinalista e no Brasileirão ficou na quinta colocação, conquistando vaga direta na fase de grupo da Libertadores do ano que vem.

Agora, uma 'campanha de honra' já não fará ninguém no Timão satisfeito, nem torcida, tampouco diretoria, e a ideia é que o fim da temporada o time conquiste pelo menos um títulos dentre os quatro torneios que disputará.

Últimas