Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Federação italiana libera Lukaku para jogar contra a Juventus na semifinal da Copa da Itália

Atacante havia sido expulso no jogo da ida após responder injúrias raciais

Futebol|

Lance
Lance Lance

A Federação Italiana de Futebol (FIGC) liberou o atacante Lukaku, da Inter de Milão, para disputar a volta das semifinais da Copa da Itália contra a Juventus, após empate na ida por 1 a 1. O belga havia sido expulso no primeiro jogo após marcar o gol de empate, cobrando pênalti cometido pelo brasileiro Bremer já nos acréscimos.

Lukaku foi alvo de injúrias raciais antes, durante e depois da cobrança da penalidade máxima. Torcedores da Juventus começaram a provocar o atacante, que foi chamado de "macaco de m****" e viu a torcida fazer gestos e sons que imitavam um macaco. Na comemoração, o belga provocou fazendo sinal de silêncio e tomou o segundo cartão amarelo na partida, sendo expulso junto com seu companheiro Handanovic e o rival Cuadrado, que havia marcado o gol da Velha Senhora.

A Inter havia entrado com um recurso na última sexta-feira frente à federação pedindo a liberação do jogador, mas foi negada. Porém, como um sinal da luta contra o racismo na Itália, a entidade voltou atrás e liberou o atacante. O argumento da Internazionale foi que a comemoração já havia sido feita antes, sem gerar punições a Lukaku.

+ Veja horário e onde assistir Juventus x Napoli, pelo Italiano

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, às 16h (horário de Brasília), no Giuseppe Meazza. Quem vencer está na final; um empate leva à prorrogação. O time classificado entrará Fiorentina ou Cremonese, que já disputaram a primeira partida, terminada em triunfo da Viola por 2 a 0.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.