Futebol Fábio Santos vê Corinthians como o clube mais prejudicado sem torcida no estádio: 'É desesperador'

Fábio Santos vê Corinthians como o clube mais prejudicado sem torcida no estádio: 'É desesperador'

Lateral deu entrevista para o "Aqui com Benja", do Fox Sports, e relatou como tem sido difícil atuar com portões fechados. Além disso, ele contou como é diferente jogar no Timão

Lance
Lance

Lance

Lance

Um dos principais impactos da pandemia de coronavírus no futebol mundial é a falta de torcida nos estádios. No Brasil isso parece ainda distante de uma volta ao normal, enquanto isso os jogadores comentam a falta que o torcedor faz e, para Fábio Santos, o Corinthians é o clube mais prejudicado nesse quesito e explicou por que defender a camisa alvinegra é diferente.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

Em entrevista ao "Aqui com Benja", do Fox Sports, no último sábado, o lateral-esquerdo do Timão disse acreditar que a equipe tem sofrido muito ao atuar com portões fechados e não vê a hora de ter a Fiel torcida de volta. Em 2020, não á toa, o Alvinegro tem seu pior aproveitamento na Neo Química Arena. Para o experiente corintiano, essa situação é desesperadora.

- Óbvio que está ruim para todo mundo, os campeonatos provam isso, tem muito mais equipes vencendo mais fora de casa do que até mesmo dentro de casa, mas é assustador, a principal equipe que vem sofrendo com isso, acredito que seja o Corinthians, porque tem essa marca do torcedor empurrar a todo momento, não vejo a hora de o torcedor voltar, poder ter esse envolvimento com ele nas partidas, até para esses jogadores que chegaram agora e não viveram essa experiência, saber que com torcedor é diferente, tem uma motivação a mais sim, sem dúvidas, a gente já está acostumado a jogar sem torcida, mas é muito ruim, realmente é desesperador, a gente não vê a hora de poder jogar com torcida novamente - avaliou o lateral.

Com passagens pelo São Paulo, pelo Grêmio e pelo Atlético-MG aqui no Brasil, Fábio Santos teve experiência entre os maiores clubes do país, mas acredita que defender o Corinthians seja diferente do que as demais camisas. De acordo com a sua visão, tudo no Timão é potencializado, o bom e o ruim.

- Sem sombra de dúvidas (o Corinthians é diferente). Eu fui criado dentro do São Paulo, que na minha opinião é uma das maiores equipes do mundo também, as conquistas falam por si só, Grêmio tricampeão da Libertadores, Atlético-MG também uma equipe gigantesca com uma torcida de massa, mas o Corinthians é diferente, a proporção é diferente, a visibilidade é diferente, a cobrança é diferente. Então, sem sombra de dúvida, aqui é mais do que nos outros lugares, tanto o bom quanto o ruim, na minha opinião jogar no Corinthians é diferente de outros lugares, outras equipes - concluiu.

Contratado junto ao Galo no mês de outubro, Fábio Santos voltou ao Corinthians para ser um líder técnico e no vestiário, em mais de um mês e meio de seu retorno, ele já assumiu a titularidade e virou uma das principais peças de Vagner Mancini, que foi um dos defensores de sua contratação. Ele deve estar em campo para enfrentar o São Paulo, no próximo domingo, às 18h15, em duelo na Neo Química Arena, pela 25ª rodada do Brasileirão-2020.

Últimas