Futebol Executivo do Santos critica arbitragem contra o Coritiba: 'Exigimos providências'

Executivo do Santos critica arbitragem contra o Coritiba: 'Exigimos providências'

Edu Dracena reclamou da não marcação de um pênalti em Madson. Últimos três jogos do Santos tiveram lances polêmicos com o Peixe possivelmente prejudicado

Lance
Lance

Lance

Lance

Edu Dracena, executivo de futebol do Santos, criticou a arbitragem por um pênalti não marcado para o Peixe na derrota por 1 a 0 para o Coritiba, no Couto Pereira. A partida, válida pelo duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, foi disputada na noite de quarta-feira.

No lance, o lateral Madson foi claramente derrubado dentro da área pelo atacante Alef Manga, mas o árbitro deixou a jogada seguir, apesar do protesto do santista.

"Não queremos desviar o foco e muito menos arrumar desculpas. Somos profissionais comprometidos com o nosso trabalho. Mas até quando seremos prejudicados? Exigimos providências dos responsáveis pela arbitragem! Estamos todos indignados! #porumaarbitragemcorreta", publicou Edu Dracena no Instagram.

O árbitro Bruno Arleu de Araújo apitou o confronto e não há a utilização do VAR nesta fase da competição.

A torcida santista tem reclamado da arbitragem nos últimos jogos. Contra o Fluminense, no Brasileirão, os santistas reclamaram da não marcação de um pênalti em cima de Angulo. Contra o mesmo Coritiba, no Brasileirão, jogo do último domingo, ocorreu a marcação de um pênalti para a equipe paranaense que ao entender do santistas não ocorreu.

Últimas