Futebol Ex-técnico do Manchester City afirma estar com câncer: 'Vou lutar o máximo que puder'

Ex-técnico do Manchester City afirma estar com câncer: 'Vou lutar o máximo que puder'

Comandante também teve passagens por Roma, Lazio e Benfica, além de seleções como Inglaterra e México

Lance

O técnico Sven-Göran Eriksson, reconhecido por seus trabalhos no futebol inglês, afirmou que sofre de câncer terminal. Sua situação não é das melhores: com 75 anos, o sueco afirmou que terá mais um ano de vida 'na melhor das hipóteses'.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

- No melhor dos casos, tenho mais um ano de vida. No pior, algo menos. Não creio que os médicos possam ter uma certeza absoluta, eles não têm uma data, e não conseguem me operar. Quando você recebe uma mensagem como essa, você aprecia cada dia e se sente feliz por acordar. Mas vou lutar o máximo que puder - afirmou o comandante.

Tendo iniciado a carreira na década de 1970, Eriksson teve passagens por clubes relevantes no cenário europeu, como Manchester City, Roma e Benfica. Além disso, também tem uma jornada expressiva no âmbito de seleções nacionais. Foi o primeiro técnico da seleção da Inglaterra a não ter nascido no país, além de também ter treinado a Costa do Marfim e o México.

Seu último trabalho na beira do campo foi com a seleção de Filipinas, entre 2018 e 2019. Logo depois, passou pelo IF Karlstad, clube da Suécia, nas funções de consultor e diretor esportivo, antes de anunciar o afastamento dos trabalhos futebolísticos em fevereiro de 2023.

Últimas