Ex-São Paulo, zagueiro chega a 150 jogos no Portimonense

Lucas Possignolo, de 26 anos, foi para Portugal em 2014 e lá acabou se firmando, já que hoje é considerado um dos grandes líderes e referências do elenco

Lance

Lance

Lance

Lucas Possignolo, de 26 anos, é um dos líderes do elenco do Portimonense, de Portugal. Ex-jogador da base do São Paulo, chegará, no próximo domingo, aos 150 jogos pelo clube, no embate diante do Aves, às 15h30, no Estádio de Portimão, pela Liga Nos.

Ele foi criado nas categorias de base do Tricolor, em Cotia, e disputou três edições da Copa São Paulo. Não jogou no profissional e foi direto para a Europa, em 2014, onde acabou se firmando.

- Fico muito honrado. Quando cheguei aqui, o time estava na segunda divisão. Me machuquei, voltei ao São Paulo, e hoje tenho uma história no clube. Conquistamos o título da segunda divisão, o acesso, fizemos grandes jogos contra Porto e Benfica – iniciou o camisa 3, que ainda falou sobre seu começo no clube e sobre a chegada de outros brasileiros por lá:

- A cidade atrai muitas pessoas no verão, é uma cidade muito bonita. Minha esposa se adaptou bem e tivemos nossa filha aqui. Depois chegaram outros brasileiros com quem joguei no São Paulo, o Lucas Fernandes e o Marcel, e hoje estamos em casa.

- Ficamos muito próximos de subir na temporada 2016-17, foi por um ponto, mas, na temporada seguinte, conquistamos o título e o acesso. Minha maior lembrança foi um gol contra o Porto, quando minha esposa estava grávida, e pude dedicar para minha filha. Teve também o gol de trás de do meio de campo, em 2016, contra o União da Madeira, que rodou o mundo na época – complementou.

No último dia 14, no jogo contra o Boavista, Lucas foi o responsável por bater o pênalti que concedeu a vitória ao Portimonense. Já estabilizado por lá, ele não descarta voltar ao Brasil, mas pretende cumprir seu recém-renovado contrato até 2024.

- Aqui eu tive minhas melhores oportunidades e minha família gosta muito de Portugal e da Europa, mas claro que um dia precisamos voltar para ficar perto da família. Por enquanto no meu horizonte só estão nossos próximos objetivos pelo Portimonense – finalizou.