Ex-Palmeiras, Renato Augusto comenta surto de coronavírus no Japão: 'Estamos em alerta'

Volante conta sobre a preocupação da equipe com os atletas, mas que dia a dia de treinamentos segue normalmente. Campeonato Japonês volta neste domingo

Lance

Lance

Lance

A temporada de 2020 começa neste domingo para o Shimizu S-Pulse, do Japão. Enquanto o coronavírus assombra o país asiático e o mundo, o volante Renato Augusto entra na reta final da recuperação de uma cirurgia no braço. Um dos principais jogadores brasileiros da J-League, o jogador brasileiro falou sobre o surto da doença.

- Percebo que a cidade inteira de Shizuoka está em alerta. Estão usando máscaras no dia a dia e quando vamos ficar em lugar fechado com muitas pessoas, ou no aeroporto, o clube também dá essas máscaras. A todo tempo lavamos as nossas mãos e usamos a máscara para proteger a boca. Estamos vendo que todo mundo está esperto com isso, mas ainda não é algo que tenha mudado o nosso dia a dia - disse.

Em sua primeira temporada no futebol japonês, Renato Augusto logo se tornou um dos principais jogadores do Shimizu S-Pulse. Em 2019, foram 25 jogos, três gols e duas assistências. Ansioso para voltar a campo, o meia brasileiro entrou na reta final de recuperação.

- O médico me deu três meses de recuperação e, na semana passada, completei o segundo mês. Estou fazendo trabalho físico e técnico sem contato físico para não correr o risco de cair em cima do braço - falou.

Renato Augusto tem passagem de destaque pelo Palmeiras, clube no qual foi revelado e conquistou o título da Série B do Campeonato Brasileiro de 2013. Posteriormente, o jogador também defendeu o Moreirense (POR), Joinville, Ponte Preta, Figueirense, Santo André e Paysandu, sendo que neste último foi campeão da Copa Verde, em 2018.