Everson fala sobre semana inteira de treinos e Luan Peres reconhece superioridade do Corinthians

Zagueiro ainda defendeu o companheiro Jóbson, que não teve boa atuação. Goleiro destacou que semana será importante para aprimorar os conceitos de Jesualdo Ferreira

Lance

Lance

Lance

Na saída do vestiário, o goleiro Everson e o zagueiro Luan Peres comentaram a atuação do Santos no clássico deste domingo, contra o Corinthians, na Arena. O Peixe foi derrotado por 2 a 0 e perdeu a invencibilidade no Campeonato Paulista.

O goleiro Everson falou sobre o período de treinamentos que o Santos vai ter até o próximo jogo. Para o jogador, o tempo vai ser importante para aprimorar as ideias do técnico Jesualdo Ferreira. O Santos volta a jogar somente na segunda-feira, dia 10, contra o Botafogo, na Vila Belmiro.

- A próxima semana será muito importante para nós, porque teremos toda a semana para trabalhar, entender cada vez mais as ideias do professor Jesualdo e reproduzir nos jogos. As ideias dele são atuais, ele tem uma comissão técnica qualificada, todos os auxiliares dele também tem ideais novas de futebol. Só hoje que não conseguimos impor nossa metodologia, mas o trabalho dele é muito bom.

Luan Peres reconheceu a superioridade adversária e destacou que o primeiro gol corintiano, marcado por Everaldo, antes dos dois minutos da etapa inicial, foi falta de atenção do sistema defensivo santista.

- O Corinthians foi superior e mereceu a vitória. No primeiro tempo eles foram muito superiores a nós, merecidamente. Eles fizeram um a zero no começo, antes dos 5 minutos, e isso foi total falta de atenção nossa. No segundo tempo tivemos mais posse de bola, mas era óbvio, estávamos com um jogador a mais, tínhamos que fazer isso.

O zagueiro também saiu em defesa do volante Jóbson e valorizou a entrada de Evandro. O primeiro não teve boa atuação e errou passes na saída de bola. Já o segundo, melhorou a produção ofensiva e deu mais velocidade ao jogo santista.

- O Jóbson tem muita qualidade na saída. O Evandro também equilibra o meio campo e tem experiência e isso conta porque é clássico, mas as alterações foram opção do professor.

O Santos é o lídero do grupo A, com sete pontos, e pode ser ultrapassado pela Ponte Preta, que tem seis e ainda joga neste domingo.