Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Euforia por James Rodríguez mascara pior sequência do São Paulo na temporada às vésperas de decisão

Pela primeira vez no ano, Tricolor chega a três partidas seguidas sem conseguir vencer

Futebol|Do R7

Lance
Lance Wellington Rato esbarra na marcação do Bahia, no domingo (Foto: Miguel Schincariol/São Paulo FC)

O poema português diz que 'navegar é preciso'. E chegou a hora do São Paulo encontrar seu rumo dentro do oceano da temporada. Isso porque, apesar da euforia causada pela chegada de James Rodríguez, a equipe enfrenta o jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana contra o San Lorenzo, às 19h (de Brasília) de quinta-feira (3/8), na Argentina, enfrentando o pior jejum de vitórias do clube na temporada.

Já são três partidas seguidas sem conseguir uma vitória do Tricolor desde aquele que, talvez, tenha sido o seu maior momento no ano: vitórias expressivas sobre dois rivais, eliminando o Palmeiras em pleno Allianz Parque e goleando o Santos no Morumbi no Campeonato Brasileiro.

+ Renove o seu estoque de camisas do Tricolor com o cupom LANCEFUT 10% OFF

Desde então, o caminho tricolor vem sendo penoso: derrotas para o Corinthians, no duelo de ida da semifinal da Copa do Brasil, em Itaquera, e Cuiabá, fora de casa, pelo Brasileirão. No último final de semana, em jogo de fraco poder ofensivo, ficou no empate sem gols com o Bahia, equipe que ocupa a zona do rebaixamento da principal competição nacional, em pleno Morumbi.

Publicidade

A sequência, além de obrigar o São Paulo a reverter o cenário na Copa do Brasil ante outro rival local e preocupar na largada do mata-mata do torneio continental, afastou o clube do Morumbi do sonhado G-4, a zona de classificação à próxima Copa Libertadores pelo Campeonato Brasileiro. Agora é só o oitavo colocado, com 26 pontos, quatro atrás do Grêmio, o quarto.

Após o duelo contra o Bahia, o auxiliar Lucas Silvestre admitiu que um dos problemas enfrentados pelo Tricolor é a pouca efetividade para concluir as chances de gols criadas.

Publicidade

- Sentar aqui hoje (ontem) e tentar explicar uma situação inexplicável. Realmente, pelo volume de jogo e pelas chances que criamos no jogo, nós merecíamos sair com um resultado diferente. Agora, nós estávamos no vestiário revendo justamente todas as situações que foram criadas. Se eu não me engano, o Marcos (Felipe, goleiro do Bahia) teve oito defesas dentro da área. É um número muito alto.

Ainda de acordo com o auxiliar, que substituiu o pai, Dorival Júnior, suspenso, o caminho para o Tricolor reencontrar o caminho das flores é fácil.

Publicidade

- Realmente, merecíamos sair com um resultado diferente, merecíamos sair com a vitória. Obviamente, você jogar dentro do campo do adversário e dominar o adversário é um dos pontos importantes que nós temos como ideia de jogo. Porém, essas chances foram criadas de todas as maneiras: atacando espaços pelos lados, atacando espaços por dentro, roubando bolas nas saídas de jogo do adversário… você precisa concluir em gol, você precisa definir.

- O jogo do Campeonato Brasileiro é muito traiçoeiro. A partir do momento em que você acaba não definindo, o tempo vai passando e o adversário vai ganhando mais confiança dentro do jogo, chega um momento que, com 30 minutos de jogo, ele já começou a ficar perigoso

para nós, até a ponto de perdermos o jogo, por incrível que pareça. Você tem que aproveitar as oportunidades. Com esse volume, você precisa colocar a bola para dentro do gol, porque foi realmente o que faltou hoje (ontem). Não tem como explicar a situação de outra maneira. Nós não fizemos os gols. Criando mais de dez oportunidades claras de gol, você precisa pelo menos colocar uma bola para dentro, para poder ganhar o jogo - concluiu Silvestri.

+ Confira os jogos e classificação resultados do Brasileirão-23 na tabela do LANCE!

PRÓXIMOS JOGOS DO SÃO PAULO

3/8 (quinta) - San Lorenzo - 19h* - Nuevo Gasómetro - oitavas - Sul-Americana

6/8 (domingo) - Atlético-MG - 16h* - Morumbi - Brasileirão

10/8 (quinta) - San Lorenzo - 19h* - Morumbi - oitavas - Sul-Americana

13/8 (domingo) - Flamengo - 18h30* - Maracanã - Brasileirão

16/8 (quarta) - Corinthians - 19h30* - Morumbi - semifinal - Copa do Brasil

*horários de Brasília (DF)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.