Estreante em Libertadores, Kaio Jorge ressalta tradição do Santos

Menino da Vila deve iniciar a partida contra o Defensa y Justicia-ARG, nesta terça-feira, no banco de reservas, mas não esconde a ansiedade pelo confronto: 'Sempre sonhei jogar'

Lance

Lance

Lance

Campeão mundial sub-17 com a Seleção Brasileira, em 2019, o atacante Kaio Jorge vive a expectativa de jogar a sua primeira Libertadores como profissional. O garoto está com o elenco do Santos na Argentina, onde enfrenta o Defensa y Justicia, nesta terça, às 19h15 (horário de Brasília), pela primeira rodada da competição. Kaio deve iniciar a partida entre os reservas, mas está otimista pelo primeiro contato com o torneio continental.

- Estou muito feliz com a oportunidade de jogar uma Libertadores. Uma competição que sempre sonhei jogar, que sempre assisti pela televisão, agora tenho a chance de poder disputar ela. Isso é muito especial pra mim – disse.

A Copa Libertadores é o grande objetivo do Peixe na temporada, mesmo assim o time chega para em sua estreia longe de estar no melhor momento. O time não marca gols há três jogos e o desempenho da equipe tem gerado críticas ao trabalho do técnico Jesualdo Ferreira, que tem o cargo ameaçado. Mesmo assim, Kaio entende que a camisa tem um grande peso no torneio sul-americano.

- Sabemos o quão difícil é uma Libertadores, mas também sabemos que o Santos tem tradução e história. Temos que saber jogar contra os adversários e devemos errar o menos possível. É uma competição importante pra mim e para todos do clube, sabemos disso – afirmou.

Revelado nas categorias de base santista, Kaio ascendeu aos profissionais no ano passado, nas mãos de Jorge Sampaoli, mas foi com o português Jesualdo Ferreira que ele teve a primeira chance como titular, no empate em 0 a 0 contra o Red Bull Bragantino, na Vila Belmiro, pela primeira rodada do Campeonato Paulista. O atleta tem mais três jogos na temporada, como titular na derrota por 2 a 0 diante o Corinthians, na quarta rodada do Paulistão, e entrando no decorrer das partidas contra Botafogo-SP e Ferroviária.