Futebol Estádio do Corinthians pintado de preto? Diretor responde pedido da torcida

Estádio do Corinthians pintado de preto? Diretor responde pedido da torcida

Nas redes sociais, José Colagrossi Neto, novo responsável pela comunicação do clube, falou sobre a possibilidade de mudar a cor da Neo Química Arena e é elogiado pelos torcedores

Lance
Lance

Lance

Lance

Nos últimos dias, alguns torcedores do Corinthians disseram que gostariam de ver a Neo Química Arena “vestida de preto”, a cor principal do clube. Em uma linha direta com eles, José Colagrossi, novo responsável pela comunicação do Alvinegro, postou uma mensagem nas redes sociais na manhã desta quinta respondendo ao pedido.

Apesar de ser favorável à mudança, Colagrossi explicou aos seguidores que a mudança precisaria ser estudada sob diversos vieses, como impacto de calor, custos e em relação à própria patrocinadora, que precisaria ser envolvida na discussão. Apesar disso, ele afirmou que o assunto será tratado após o período de festas deste final de ano.

> TABELA
Veja a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro!

No entanto, algo que chamou a atenção dos torcedores foi o fato de ele ter respondido publicamente, e por uma rede social, a uma demanda da torcida.

- Agradeço as sugestões enviadas. Essa interação no Twitter serve exatamente para que vocês possam nos trazer sugestões, opiniões e mesmo críticas – escreveu ele, antes de desejar um feliz Natal à torcida.

Muitas respostas ao post foram exatamente enaltecendo essa postura de interação entre uma pessoa de dentro do clube com os torcedores. Até uma nova expressão foi criada por alguns internautas, “colagrossizado”, em referência ao sobrenome de José Colagrossi.

> Retrospectiva: Os 20 momentos mais marcantes do Corinthians na década

José Colagrossi Neto foi o primeiro nome confirmado de forma oficial pela gestão Duílio Monteiro Alves. Ele era Diretor Executivo da Ibope Repucom e deixou suas funções para assumir esse desafio no Alvinegro, clube com o qual já tem histórico no auxílio em contratos publicitários, como o da Arena, e monitoramento de rede sociais.

Últimas