Futebol Entrevistas com técnicos, apoio a Vizolli e integração: Casares inicia gestão ativa no futebol do São Paulo

Entrevistas com técnicos, apoio a Vizolli e integração: Casares inicia gestão ativa no futebol do São Paulo

Presidente do Tricolor teve semana agitada, com troca no comando técnico, apoio para interino e integração constante com a base

Lance
Lance

Lance

Lance

O São Paulo teve uma semana agitada nos bastidores do clube. Com a saída de Fernando Diniz na segunda-feira, os últimos dias foram de intensas reuniões, negociações e conversas com os treinadores.

São Paulo conversa com argentino: Listamos 25 técnicos promissores sem clube

Rotina corrida que o presidente Julio Casares fez questão de acompanhar de perto. Tanto a saída de Diniz, quanto a venda de Brenner para os Estados Unidos, foram decisões tomadas em conjunto com o departamento de futebol.


SIMULE OS JOGOS DO SÃO PAULO NO BRASILEIRÃO

Agora, o foco é na definição de um novo treinador. Casares participa diretamente das reuniões com os treinadores, que normalmente são por chamada de vídeo. Alguns nomes são favoritos para o comando, como os portugueses Marco Silva e Pedro Martins, além do argentino Hernán Crespo.

O São Paulo vem sendo dirigido pelo técnico interino Marcos Vizolli, que terá a missão de pelo menos garantir o São Paulo na fase de grupos da Libertadores. Casares conversou com o comandante, para dar apoio a ele e demonstrar confiança. A conversa foi considerada positiva.


Além disso, o mandatário tem ido bastante ao CT da Barra Funda e também foi a Cotia para aumentar a integração da base com o profissional. Casares tem intensificado as trocas de informações entre os setores. Inclusive, Biasotto, executivo da base, tem contato frequente com os diretores do profissional, no chamado “futebol integrado”.

Julio também tem feito reuniões sobre outros assuntos, principalmente tentando amenizar a crise financeira, trabalhando cerca de 15 horas por dia. Arrumando a casa, o São Paulo se prepara para encarar o Ceará, na próxima quarta-feira (10), às 21h, no Morumbi, pela 35ª rodada do Brasileirão. O Tricolor é o quarto colocado, com 58 pontos.

Últimas