Entenda por que o Corinthians optou em liberar atacante Gustagol

Especialista na bola aérea, centroavante não se encaixaria no estilo de jogo proposto por Tiago Nunes e está próximo de fechar com Internacional 

Gustagol não se encaixa em estilo de jogo do técnico Thiago Nunes

Gustagol não se encaixa em estilo de jogo do técnico Thiago Nunes

Lance

O atacante Gustagol não faz mais parte dos planos do Corinthians. Na última sexta-feira, o jogador se despediu de seus companheiros de trabalho no CT Joaquim Grava e está em negociações avançadas para ser reforço do Internacional nesta temporada.

No último domingo, logo após o empate com o São Paulo, no Morumbi, o técnico Tiago Nunes explicou a decisão de liberar o atleta para seguir sua carreira fora do Parque São Jorge.

Na visão da comissão técnica, Gustagol é um especialista na bola aérea e esse estilo de jogo não deve ser muito utilizado pelo Corinthians em 2020. Outro fator determinante para a saída do atacante foi a queda na Copa Libertadores. De acordo com Tiago,a competição sul-americana exige que os clubes tenham um jogador com o estilo de Gustavo no elenco, algo que não é mais necessário.

- Temos três jogadores de referência, os três diferentes. Enxergava o Gustavo para uma característica bem específica, de cruzamento, de bola aérea. Até pela saída da competição sul-americana, optamos por liberá-lo. Temos a certeza de que os jogadores que estão aqui podem dar conta do recado mais próximos da característica que a gente deseja. Um jogo mais de aproximação, de presença de área, mas com movimento. E não um jogador tão fixo - afirmou o técnico do Corinthians ao ser questionado sobre o tema.

Apesar da saída de Gustavo, a tendência é de que a diretoria não faça reposições. O Corinthians terá um calendário bem mais enxuto nesta temporada em relação aos seus últimos cinco anos e a comissão técnica, inclusive, ainda deve oficializar outras saídas do elenco. Nas próximas semanas, o Timão certamente terá novidades.

- Sobre buscar outro, vou conversar com o presidente e com o Duílio (diretor de futebol) para ver se eles abrem o bolso para a gente - pontuou Tiago Nunes em entrevista coletiva no último domingo, no Morumbi.

Contratado pelo Corinthians em 2016, Gustagol fez 69 partidas pelo clube do Parque São Jorge e anotou 15 gols. Ao longo de suas duas passagens pelo Alvinegro, o jogador colecionou críticas e elogios e foi um nome importante na última temporada, sob o comando de Fábio Carille. 

Curta a página do R7 Esportes no Facebook. 

Equipe dos sonhos! Confira seleção da década dos clubes brasileiros