Futebol Enderson exalta reação do Botafogo e pede calma com jovens: 'Não é para entusiasmar nem desacreditar'

Enderson exalta reação do Botafogo e pede calma com jovens: 'Não é para entusiasmar nem desacreditar'

Treinador ressalta atitude do Alvinegro na vitória por 4 a 2 sobre o Madureira, nesta quinta-feira (3) 'A equipe teve tranquilidade e não perdeu o controle'

Lance

O técnico Enderson Moreira valorizou a maneira como o Botafogo soube transformar seu domínio em gols na virada por 4 a 2 sobre o Madureira, nesta quinta-feira (3). Em entrevista coletiva no Nilton Santos, o comandante alvinegro frisou que a equipe já mostrava segurança para obter a vitória no jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Carioca.

Botafogo x Confiança - Enderson Moreira

Botafogo x Confiança - Enderson Moreira

Lance

Botafogo de Enderson Moreira virou sobre o Madureira nesta quinta (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

- Por incrível que pareça, a gente fazia um ótimo jogo, criando situações. É claro que o resultado dá um outro significado à atuação, mas, independentemente do resultado, temos que entender que a gente criou, finalizou muitas bolas, muitas chances de gols. Demos poucas oportunidades para o Madureira, que aproveitou as chances. A gente acabou sendo merecedor do resultado por tudo que criamos. A equipe teve tranquilidade e não perdeu o controle - declarou.


Ainda não é assinante do Cariocão-2022? Acesse www.cariocaoplay.com.br, preencha o cadastro e ganhe 5% de desconto com o cupom especial do LANCE!: GE-JK-FF-ZSW

Enderson Moreira destacou a serenidade do Alvinegro ao, no intervalo, conversar sobre para buscar a virada.

- Conversamos muito sobre esse poder de reação. É algo importante para uma equipe que almeja fazer grandes jogos, buscar títulos. É necessária essa maturidade - explicou.

O treinador adotou a cautela ao falar sobre os jogadores formados nas categorias de base que vêm tendo boas atuações neste início de temporada do Botafogo.

- Com os jogadores jovens, a gente precisa avaliar o perfil. O Juninho é muito promissor, temos muitas expectativas, assim como o Raí. A gente avalia nos treinos, mas também nos jogos. Ver quem consegue transferir o que faz nos treinamentos. Esse é o caminho - e alertou:

- Não é para ficar entusiasmado demais e nem desacreditar demais logo de início. Nunca é bom rotular. Alguns amadurecem mais cedo, outros demoram um pouquinho mais - completou.

Aos seus olhos, isto passa pelos holofotes sobre o atacante Matheus Nascimento.

- Eu entendo a ansiedade pelo Matheus mas é nascido em 2004, muito jovem. Ele está tendo um protagonismo, uma sequência de jogos. A cada jogo ele vai amadurecendo mais, buscando espaço. Ele não demonstra uma ansiedade de fazer o gol, até dentro de campo. Sempre faz a leitura correta da jogada, não força a barra - disse.

O Botafogo assumiu a liderança da competição com sete pontos, mesmo número de Flamengo e Vasco. Porém, os alvinegros marcaram mais gols que os rivais. A equipe volta a campo segunda-feira (7), quando encara o Nova Iguaçu às 21h.

Últimas