Fluminense

Futebol Empresa de engenharia faz estudo de viabilidade para Fluminense revitalizar as Laranjeiras

Empresa de engenharia faz estudo de viabilidade para Fluminense revitalizar as Laranjeiras

Atenções da empresa inicialmente estão voltadas para fazer o laudo da parte estrutural do estádio. Previsão é de que, em três meses, o parecer seja entregue à diretoria

Lance
Lance

Lance

Lance

O Fluminense divulgou nesta sexta-feira os detalhes do trabalho da Encopetro Engenharia Estrutural, que foi contratada com o intuito de dar viabilidade para a revitalização do Estádio das Laranjeiras. De acordo com informações divulgadas no site oficial do clube, desde a segunda-feira a empresa de engenharia está com suas atenções voltadas na segurança estrutural, avaliando a capacidade de público que as arquibancadas (sociais e populares) conseguem suportar. O próximo passo é iniciar as etapas de reforma do estádio.

A empresa iniciou o levantamento geométrico da estrutura localizando meticulosamente todas as vigas e colunas do estádio. Segundo Robson Luiz Gaiofatto, que é o engenheiro responsável pela fase preliminar das obras do Estádio Presidente Manoel Schwartz, o primeiro passo é fazer um mapeamento de danos.

> Veja a tabela do Brasileirão. Faça as contas, tricolor!

- São estruturas de concreto armado muito antigas, que datam antes de 1920. Uma época em que o concreto ainda era um material muito novo, sem normatizações e regulamentações a nível mundial. Precisamos saber com que materiais foram construídas estas arquibancadas e de que maneiras elas foram projetadas para que possamos avaliar a capacidade de carga - afirmou.

A empresa calculará quais intervenções serão necessárias para que haja uma capacidade de reabilitação na sua capacidade de resistência.

- Depois virão outros estudos, como segurança e acessibilidade, que já fazem parte de uma segunda etapa - adiantou Gaiofatto.

A previsão de entrega do laudo da parte estrutural do estádio é de três meses. De acordo com o mandatário do Fluminense, Mário Bittencourt, o parecer será crucial para a sequência da obra.

- Somente após este diagnóstico saberemos, com exatidão, o orçamento para fazer a obra aqui. Infelizmente, são 25 anos sem uma adequada manutenção do estádio, principalmente nas arquibancadas populares, onde há uma degradação acentuada - detalhou.

Últimas