Futebol Empate sem gols fora de casa já deu vaga e até título ao Santos

Empate sem gols fora de casa já deu vaga e até título ao Santos

Na Libertadores de 2011, Peixe empatou em 0 a 0 com o Penarol, do Uruguai, no primeiro jogo fora de casa e conquistou o título na partida de volta, no Pacaembu

Lance
Lance

Lance

Lance

Empate em 0 a 0 fora de casa num primeiro jogo de mata-mata de Copa Libertadores da América. O resultado conquistado diante do Boca Juniors já aconteceu outras duas vezes na história do clube na competição e as duas terminaram com vitória do Peixe, a última deles em um dia inesquecível.

Em 2011, ano do tricampeonato da Libertadores, o Santos ficou no empate em 0 a 0 na primeira partida da final diante do Peñarol. O jogo de volta está na memória de todos. Vitória por 2 a 1, gols de Neymar e Danilo, com a coroação daquela geração de jogadores.

A situação também aconteceu em 2007. Depois de empatar em 0 a 0 com o América (México) fora de casa pelas quartas de final, o Santos decidiu a classificação na Vila Belmiro. Vitória, também por 2 a 1, gols de Jonas e Rodrigo Souto.

Em outra oportunidade, o empate em 0 a 0 fora de casa também aconteceu. Nas oitavas contra o Independiente, em 2018, mas o Peixe acabou levando W.O. na partida, pela escalação irregular de Carlos Sánchez, fato que acabou sendo considerado de responsabilidade da própria Conmebol dois anos depois.

Santos e Boca Juniors decidem vaga na grande final da Copa Libertadores da América na próxima quarta-feira, 19h15, na Vila Belmiro. Quem vencer a partida fica com vaga. Empate com gols é dos argentinos e novo 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

Últimas