Futebol Em Portugal desde 2018, Lucas Áfrico compara paixão dos 'adeptos' em relação aos torcedores brasileiros

Em Portugal desde 2018, Lucas Áfrico compara paixão dos 'adeptos' em relação aos torcedores brasileiros

Zagueiro brasileiro do Marítimo, o jogador Lucas Áfrico comparou as torcidas de Brasil e Portugal

Lance
Lance

Lance

Lance

Que o futebol movimenta o mundo não é nenhuma novidade. No Brasil, com certeza não é diferente. Segundo estudos da companhia IPSOS, 40% dos brasileiros gostam e acompanham o futebol, em entrevista que abordou 42,8 milhões de brazucas. Números elevados como esses comprovam os motivos de sermos chamados de país do futebol.

Esta paixão mundial e apaixonante predomina os quatro cantos do mundo. Contratado pelo Marítimo em 2018, o zagueiro Lucas Áfrico tem quase 4 anos no futebol português. Para ele, a paixão dos torcedores é algo muito intenso.

- Os adeptos aqui em Portugal, ou torcedores como são chamados no Brasil (brinca), são fascinados por futebol. Moro na Madeira e confesso que esbarro com torcedores algumas vezes, dá pra sentir como são apaixonados pelo clube e pelo futebol por aqui. Isso é maravilhoso. O futebol é apaixonante em qualquer lugar do planeta - disse Lucas.

O Marítimo, de Lucas Áfrico, é um clube com bastante tradição em Portugal e tem 110 anos de existência. Campeão do Campeonato de Portugal em 1926 e duas vezes da segunda divisão portuguesa nas temporadas 76/77 e 81/82, o time da pequena ilha da Madeira, local em que nasceu o maior português da história, Cristiano Ronaldo, vive intensamente o futebol.

- O estádio tem capacidade para dez mil pessoas. É impressionante como eles inflamam e incentivam a equipe. Fazem falta dentro do estádio e todos nós do clube não vemos a hora dos torcedores retornarem e passar tudo isso que estamos vivendo atualmente - finalizou Lucas.

Últimas