Em noite de homenagens a Espinosa, Botafogo bate o Boavista

Com dois belos gols de Alex Santana e Bruno Nazário, Fogão venceu o Boavista por 2 a 1, pela primeira rodada da Taça Rio

Lance! Galerias

Um bonito gol nos acréscimos garantiu a vitória do Botafogo por 2 a 1 sobre o Boavista e mais uma homenagem ao ídolo Valdir Espinosa. Após sair vencendo com Alex Santana, o Glorioso sofreu o empate de Michael, quase se complicou, mas Bruno Nazário garantiu os três pontos na estreia da Taça Rio, na noite deste domingo, no Nilton Santos.

Na próxima rodada, no sábado, o Botafogo tem o clássico contra o Flamengo, no Maracanã. Um dia antes, o Boavista recebe o Bangu, em Bacaxá.

Homenagens

A noite no Nilton Santos começou com homenagens ao ídolo Valdir Espinosa. O time do Botafogo entrou em campo com uma faixa para o técnico campeão carioca em 1989 e o minuto de silêncio antes da partida foi respeitado de forma muito bonita em todo estádio. E não parou por aí. A vitória alvinegra também foi dedicada ao "Eterno Campeão".

"Yaya" Santana na sua especialidade

Se a negociação do Botafogo com Yaya Touré ainda se arrasta, a torcida pode, pelo menos, contar com Alex "Yaya" Santana, como foi apelidado pelos botafoguenses. Com dificuldade na criação, o Glorioso teve suas duas primeiras oportunidades em chutes de longa distância do volante. O primeiro passou por cima da trave. No segundo, o meio-campista pegou com qualidade e mandou no ângulo do goleiro Klever.

Boavista domina, mas...

Após abrir o placar, o Botafogo até teve chances de ampliar, mas desperdiçou oportunidades com Bruno Nazário, Cícero e Luis Henrique. Mas, depois, quem mandou no jogo foi o Boavista. E o time de Saquarema conseguiu o empate no começo do segundo tempo, quando Wellington Silva cruzou, Michel cabeceou e Gatito não conseguiu segurar. Depois disso, ainda que não tenha criado muitas chances, o Boavista controlou o jogo e ficou mais com a bola, cercando a área do Botafogo, que jogava de forma reativa.

E foi justamente em uma saída rápida de bola que o Glorioso conseguiu o gol da vitória, aos 46. Caio Alexandre deu belo passe para Luis Henrique, que esperou e tocou para Bruno Nazário finalizar de cavadinha, para encerrar o jogo com um bonito gol digno da história da Espinosa no Botafogo.


BOTAFOGO 2 X 1 BOAVISTA

Estádio: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 01 de março de 2020, às 19h
Árbitro: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho - Nota LANCE!: 6,0 - Não atrapalhou o andamento da partida.
Assistentes: Michael Correia e Guilherme Vogas Tavares
Gramado: Bom
Cartão amarelo: Alex Santana, Barrandeguy (BOT), Michel (BVT)

GOL: Alex Santana, 24'/1ºT (1-0), Michel, 5'/2ºT (1-1), Bruno Nazário, 46'/2ºT (2-1)

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Barrandeguy, Marcelo Benevenuto, Ruan Renato e Danilo Barcelos; Cícero (Caio Alexandre, 37'/2º), Alex Santana (Thiaguinho, 15'/2ºT) e Bruno Nazário; Gabriel Cortez (Luiz Fernando, 15'/2ºT), Luís Henrique e Rafael Navarro. Técnico: Pualo Autuori

BOAVISTA: Klever; Wellington Silva, Douglas Pedroso, Elivelton e Jean; Fernando Bob (Vitor Faísca, 26'/2ºT), Jefferson Renan, Erick Flores e Tartá (Luís Soares, 20'/2ºT); Michel e Caio Dantas. Técnico: Paulo Bonamigo

Chegaram chegando! Veja as apresentações bizarras do futebol