Futebol Em melhor início de Libertadores pelo Flamengo, Gabigol busca encerrar fase na artilharia isolada

Em melhor início de Libertadores pelo Flamengo, Gabigol busca encerrar fase na artilharia isolada

Pela sexta rodada do Grupo A da Libertadores, o Flamengo recebe o Vélez Sarsfield, nesta quinta, e Gabriel Barbosa pode se isolar na artilharia da Copa caso marque no Maracanã

Lance
Lance

Lance

Lance

Herói do título de 2019 e maior artilheiro do Flamengo na Libertadores, o atacante Gabriel Barbosa faz seu melhor início de Copa, em número de gols, vestindo o Manto. São seis gols nas cinco rodadas realizadas e, nesta quinta-feira, o camisa 9 rubro-negro buscará terminar a fase de grupos da Copa como artilheiro isolado. O confronto com o Vélez Sarsfield, da Argentina, será às 21h no Estádio do Maracanã, e contará com transmissão em tempo real do LANCE!.

Além de Flamengo e Vélez e LDU e Unión La Calera, pelo Grupo G, dois jogos do Grupo A encerram a fase de grupos nesta quinta: Palmeiras e Universitario, em São Paulo, e Defensa y Justicia e Independiente Del Valle, na Argentina. Confira a situação de todas chaves e as equipes já classificados para as oitavas de final!

OS ARTILHEIROS DO MOMENTO

Antes dos jogos desta quinta, três atletas dividem a artilharia da Libertadores: Gabigol, do Flamengo, Hulk, do Atlético-MG, Borja, do Junior Barranquilla. O Galo já disputou as rodadas da fase de grupos e está classificado para as oitavas de final da Copa, enquanto o time colombiano não conseguiu a vaga.

Christian Ortíz, do Del Valle, está na briga para encerrar a fase de grupos como artilheiro. São cinco gols do meia, que deve estar em campo contra o Defensa y Justicia, mas o clube equatoriano já não mais chances de classificação na Copa.

2021 DE GABI SUPERA INÍCIO DE EDIÇÕES PASSADAS

Em sua primeira Libertadores pelo Flamengo, em 2019, Gabigol foi o herói e artilheiro do Bi da América com nove gols, sendo dois na final contra o River Plate, em Lima. Contudo, a fase de grupos do atacante não foi tão boa: dois gols - um contra o San José e outro contra a LDU - em cinco partidas. No mata-mata, o camisa 9 brilhou, com gols diante do Emelec, Inter, Grêmio e River.

Já na fase de grupos de 2020, Gabigol fez quatro jogos e apenas um gol, contra o Barcelona de Guayaquil, no Maracanã. Em 2021, são seis gols em cinco jogos.

Últimas