Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Em entrevista, Jordi Alba fala sobre emoção de despedida do Barcelona e revela que queria permanecer no clube

Lateral-esquerdo disputou 11 temporadas à frente de clube catalão

Futebol|

Lance
Lance Lance

O adeus ao Barcelona se mostrou mais difícil do que Jordi Alba pensava. Com o fim da temporada, o lateral-esquerdo deixou a equipe após 11 anos e vai iniciar ciclo em novo clube, ainda sem destino definido. Em entrevista à Rádio Marca, o jogador falou sobre o sentimento de despedida.

- Foi uma decisão difícil, mas acho que fiz o que é melhor para o clube para mim. Estou saindo feliz, foi uma semana diferente. Estou vendo tudo que as pessoas me amam e é muito gratificante ver todos os culés que pensam assim de mim.

+ Messi rumo ao Inter Miami: confira 30 jogadores famosos que foram para a liga americana

A relação de Jordi Alba com o Barcelona iniciou nas categorias de base e, desde então, o clube fez parte da formação do jogador. A saída foi escolha do espanhol, que reconheceu o fim da trajetória.

Publicidade

- Sempre que eu disse que queria ficar, foi porque me senti assim. Sendo egoísta, poderia ter ficado. Eu tinha um contrato de um ano e outro opcional. Mas avaliando tudo, a situação, que já estava perdendo destaque em campo apesar de quando joguei me senti muito bem… Valorizei tudo e acho que foi a melhor hora para sair. Acho que fiz bem. Você nunca quer sair do Barcelona, ​​mas acho que foi o momento certo e oportuno. Saio feliz dentro da pena de não jogar mais com esta camisa.

Especulações apontam que o Inter Miami, dos Estados Unidos, vai tentar a contratação de Jordi após a contratação de Lionel Messi, mas o jogador afirmou não ter nenhuma negociação.

- Não chegou nada. Tomei a decisão sem saber o que tenho, foi o melhor. Ano que vem volto, se não tiver nada… Vamos ver se vou ficar sem equipe… Não tenho nada, acho que não vou ficar sem nada, que terei coisas. Mas não tenho nenhuma oferta em cima da mesa. Me vejo pronto para competir e vamos ver o que é melhor não só para mim, vou ter que conversar com minha esposa para saber o que é melhor para as crianças. Estou aberto a tudo - concluiu.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.