Futebol Em crise, Barcelona se defende de acusações de ex-dirigente

Em crise, Barcelona se defende de acusações de ex-dirigente

Emili Rousaud , ex-dirigente que se demitiu com outros cinco, disse que é possível ter ocorrido corrupção dentro do clube na gestão de Bartomeu

Lance
Clube diz que Bartomeu está fazendo reformulações

Clube diz que Bartomeu está fazendo reformulações

Lance

Em meio a crise política no Barcelona, o clube catalão soltou uma nota oficial em seu site se defendendo das acusações feitas por Emili Rousaud, ex-dirigente que se demitiu na última quinta-feira junto de outros cinco membros.

Leia mais: Seis diretores do Barcelona pedem demissão e detonam o presidente Bartomeu

Em entrevista para a “Rac 1”, Rousaud disse que suspeita de que alguém dos bastidores possa ter roubado e tirado proveito do clube.



Em resposta, os culés dizem que as acusações são infundadas e negou de forma veemente qualquer possibilidade de corrupção internamente em uma das maiores equipes do mundo. O Barça também diz estar fazendo um monitoramento das redes sociais para obter informações que possam ajudá-los em um processo.

No último parágrafo, o clube informa que as recentes demissões no Conselho se deram após uma reformulação no setor feita pelo presidente Bartomeu e que será completada nos próximos dias. De acordo com a nota, o objetivo é implementar medidas necessárias para o futuro do clube, superar as consequências da crise de saúde e concluir ações do programa de gestão iniciado em 2010 e do Plano Estratégico aprovado em 2015.

Astros do futebol ajudam no combate ao coronavírus

Últimas