Em casa, Chelsea perde chances e amarga derrota para o Bournemouth

The Cherries marcam no fim e vencem por 1 a 0 neste sábado, em Stamford Bridge

Lance

Lance

Lance

A zebra passeou na Inglaterra. O Chelsea desperdiçou muitas chances e foi castigado pelo Bournemouth, que marcou aos 40 do segundo tempo e venceu por 1 a 0, neste sábado, em Stamford Bridge - casa dos Blues. Gosling, em lance validado após intervenção do árbitro de vídeo, deu a vitória aos Cherries. Com o resultado, o time azul perde a chance de ultrapassar o Manchester City e assumir a terceira colocação da Premier League, mesmo que temporariamente.

O Bournemouth, por sua vez, abre quatro pontos do Southampton, primeiro clube na zona de rebaixamento, que ainda joga nesta rodada.

ACERTA O PÉ!
As chances perdidas começaram no primeiro tempo. Logo aos oito minutos, Mount recebeu cruzamento na grande área, dominou e bateu, mas parou em grande defesa do goleiro Ramsdale. Aos 17, foi a vez de Abraham. Em novo lançamento para a área, o centroavante desvio de pé direito e tirou tinta da trave do rival rubro-negro.

ROTINA CRUEL...
Na etapa final, a sina do Chelsea seguiu. Aos 15, Pulisic recebeu sozinho, de frente para o gol, mas ao invés de finalizar, rolou para o lado e perdeu a jogada. Pouco depois, o ítalo-brasileiro Emerson Palmieri pegou rebote na grande área, cabeceou com força mas parou em ótima defesa de Ramsdale.

CASTIGO NO FIM
No fim, valeu a lei infalível do "quem não faz, toma". Aos 40 do segundo tempo, após escanteio cobrado da direita, a zaga do Chelsea afastou mas demorou a sair. A bola voltou para área e Gosling estava sozinho. Mesmo de costas, o zagueiro conseguiu encobrir Kepa com um balão. O lance foi anulado a princípio, mas validado pelo VAR. Vitória do Bournemouth em Londres.