Futebol Em busca do time ideal, Corinthians não repetiu escalação no Brasileiro

Em busca do time ideal, Corinthians não repetiu escalação no Brasileiro

Em onze partidas disputadas, Timão ainda não jogou com os mesmos titulares em dois jogos seguidos na competição nacional. Já foram 28 atletas utilizados no campeonato

Lance
Lance

Lance

Lance

O Corinthians ainda busca uma equipe titular ideal na temporada. Prova disso é que a equipe ainda não repetiu a escalação no Campeonato Brasileiro, mesmo com dois técnicos diferentes: Tiago Nunes, até a nona rodada e Dyego Coelho, nas duas últimas partidas pela competição.

Sem o lateral-direito Fagner, que está suspenso, a equipe terá novas mudanças para encarar o Atlético-GO. Michel Macedo deve atuar na posição. O sistema que parece mais consolidado é a defesa, que tem uma linha bem consolidada com Fagner, Gil, Danilo Avelar e Lucas Piton.

A nova mudança na regra das substituições, que subiram para cinco, tem ajudado a comissão técnica corintiana. Em 11 jogos, oito sob comando de Tiago Nunes e três com Dyego Coelho, o time fez as cinco substituições oito vezes. Coelho fez as cinco alterações em todos os jogos que comandou a equipe.

Tantas mudanças assim passam na questão dos aproveitamentos dos reforços contratados para a temporada. Dos dez jogadores chegados ao clube no ano, apenas dois são titulares absolutos: o meia Otero e o atacante Jô. Os demais ainda buscam uma vaga. Sidcley, Cantillo, Éderson, Luan e Léo Natel vêm sendo utilizados com mais frequência. Já Davó briga por espaço entre os reservas e Yony González já foi devolvido ao Benfica.

O Timão volta a campo na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Atlético-GO, na Neo Química Arena, em jogo adiado da primeira rodada do Brasileirão.

Últimas