Futebol Em busca da recuperação, Botafogo terá duelos decisivos em dezembro

Em busca da recuperação, Botafogo terá duelos decisivos em dezembro

Glorioso fechou novembro sem vitórias e ainda foi eliminado da Copa do Brasil. Na 19ª colocação e há sete rodadas sem vencer, equipe tem momento crucial na temporada

Lance
Lance

Lance

Lance

Após encerrar o mês de novembro sem vitórias e eliminado da Copa do Brasil diante do Cuiabá, o Botafogo está na 19ª colocação do Brasileirão e não vence há 7 rodadas do Brasileirão. Com isso, o Glorioso terá pela frente um dezembro de confrontos decisivos na temporada na busca por sair e se afastar de vez da zona de rebaixamento da competição.

+ Confira e simule a classificação do Campeonato Brasileiro


Para isso, a diretoria decidiu trocar o comando técnico, já que o argentino Ramón Díaz passou por uma cirurgia e terá alta apenas no dia 7 de dezembro. Sendo assim, um velho conhecido retornou ao clube: Eduardo Barroca. Porém, o técnico não poderá estrear no clássico contra o Flamengo, no sábado, no Nilton Santos, às 17h (de Brasília), visto que testou positivo para Covid-19.

Com apenas 20 pontos em 22 jogos e onze empates, o Alvinegro não vence desde o dia 11 de outubro, quando derrotou o Sport, na Ilha do Retiro. Desde então, foram cinco derrotas e dois empates pelo Brasileirão. Na temporada passada, Barroca conseguiu ajudar o Botafogo e teve uma arrancada que animou a torcida e pretende repetir o feito em 2020.

- Agora, à frente do Botafogo, assumo a responsabilidade frontalmente diante de todos os torcedores para que junto de toda equipe de trabalho, toda equipe funcional, junto com a direção e, principalmente, junto dos jogadores para que a gente possa reverter a situação adversa que vivemos no momento para que a gente possa atingir nosso objetivo de permanência na Série A do Campeonato Brasileiro para que a gente possa planejar um 2021 mais cristalino do que esse 2020 - disse Barroca.

Na quarta seguinte ao clássico, o Glorioso visitará o embalado São Paulo, de Fernando Diniz, no Morumbi, dia 9, às 21h30 (de Brasília), em partida válida pela 18ª rodada do campeonato, que havia sido adiada. Já no final de semana, o time terá mais uma partida complicada pela frente diante do Internacional, no Beira-Rio, dia 12, às 19h (de Brasília).

Em seguida, mais um confronto fora de casa, novamente no sul do país, dessa vez contra o Coritiba, a princípio marcado para o dia 20, no Couto Pereira. Para fechar o turbulento 2020, a equipe receberá o Corinthians, no Nilton Santos, dia 27, ainda sem horário definido pela CBF.

- A questão da confiança claramente está ligada aos resultados. Tiveram diversos jogos que o Botafogo jogou muito melhor que os adversários e o Botafogo acabou não vencendo. Isso realmente vai tirando um pouco da confiança dos jogadores. Mas o jogador não pode perder confiança. Um jogador de alto nível, que joga uma Série A de Campeonato Brasileiro precisa acreditar na sua capacidade individual e coletiva de uma equipe, principalmente quando veste a camisa de um clube como o Botafogo - analisou o treinador.

Diante desses quatro adversários no primeiro turno, o Botafogo somou apenas três pontos (três empates e uma derrota), e não poderá repetir o histórico recente. Uma das tarefas de Barroca é reestabelecer os níveis de confiança do grupo para que o rendimento cresça dentro das quatro linhas. A atual diferença para o Sport, primeira equipe fora da zona, são de 5 pontos, contudo o clube carioca tem um jogo a menos (contra o São Paulo).

- Essa é minha missão primária: reestabelecer essa confiança de dia a dia, de treinamento e de eles acreditarem na coletividade e individualidade. Aí, naturalmente, o jogo vai ser uma transferência disso. Por circunstâncias de jogos poderíamos estar em uma condição muito melhor, mas não estamos. Cabe a gente assumir a responsabilidade, eu, como treinador da equipe, tenho que assumir qualquer responsabilidade externa para dar tranquilidade aos jogadores, de trabalhar nossa confiança máxima, de arriscar, de tornar uma equipe sólida para que a gente entregue os resultados que a gente precisa - frisou.

Últimas