Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Eduardo se empenha para esbanjar fôlego e ditar o poderio ofensivo do Botafogo na busca pelo título brasileiro

Camisa 33 vê seu papel de distribuidor de jogadas aumentar no período de treinos

Futebol|Do R7


Lance
Lance

As esperanças do Botafogo engrenar na retomada do Campeonato Brasileiro se voltam de vez para Eduardo. Após os rumores em torno de Roberto Pereyra não se concretizarem, a missão de distribuir as jogadas fica cada vez mais centralizada no camisa 33.

Depois da sequência intensa que enfrentou no início de setembro, o jogador de 33 anos vem aproveitando o período exclusivamente de treinos para recondicionar-se fisicamente. Nas partidas mais recentes, Eduardo se desdobrou para carregar a bola em busca de municiar o setor ofensivo, inclusive em momentos nos quais a equipe não funcionava na frente.

+ Marçal detalha preparação do Botafogo no período de Data Fifa e projeta jogo com Atlético-MG

+ Já pensou em ser um gestor de futebol? Participe da nossa Masterclass com Felipe Ximenes e descubra oportunidades

Publicidade

Além disso, o jogador de 33 anos marcou quatro gols e foi fundamental ao distribuir quatro passes decisivos. No período no qual o Alvinegro não contou com Tiquinho Soares, Eduardo tomou as rédeas de tentar manter a equipe com ímpeto ofensivo.

O técnico Bruno Lage lutou para dosar os ânimos e tentar dosar a força do atleta no período de maratona, o poupando de partidas na Sul-Americana. Com as atenções botafoguenses voltadas exclusivamente para o Brasileirão, cabe a Eduardo trabalhar mais forte para voltar com tudo.

Desta vez, o jogador de 33 anos retornará com fôlego para abrir caminhos e estabelecer um diálogo com a linha de frente, em especial com o retorno de Tiquinho Soares. O Botafogo volta a campo para encarar o Atlético-MG na Arena MRV, sábado (16), às 21h.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.