Eduardo Sasha é mais um a entrar na Justiça pedindo rescisão do Santos

Atacante repete ação do goleiro Éverson e pede saída do clube em por falta de pagamento dos salários, direitos de imagem e recolhimento do FGTS.  Peixa ainda não se posicionou

Lance

Lance

Lance

Não é somente o goleiro Everson que busca a rescisão de contrato com o Santos na Justiça.

Na noite do último domingo, o atacante Eduardo Sasha acionou o Peixe e busca a rescisão de contrato, com base no FGTS (Fundo de Garantia sobre Tempo de Serviço) não recolhido desde novembro de 2019, não recebimento dos direitos de imagem desde o início de 2020 e o corte salarial de 70% no salário pago na CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) nos últimos três meses. O processo corre em segredo de Justiça.

Em nota oficial, os representantes do jogador explicaram o que motivou a tomada de decisão do camisa 27. O atacante ressalta ainda a falta de comunicação da diretoria para com o elenco.

Veja o comunicado

"O atleta Sasha (Eduardo Colcenti Antunes) entrou na Justiça do Trabalho para romper seu vínculo contratual com o Santos Futebol Clube por falta de pagamento dos salários, falta de recolhimento do FGTS e requerendo o pagamento das verbas rescisórias e compensatórias devidas.

“Eu sou pai de família, tenho minhas responsabilidades e obrigações e fomos comunicados que teríamos um desconto de 30% em nossos salários, por conta da pandemia, nós jogadores estávamos dispostos a aceitar, porque sabíamos da situação que o mundo estava vivendo, porém faltando 2 dias para o pagamento fomos comunicados que teria um corte de 70% nos salários, não houve nenhuma explicação. Não há o recolhimento do FGTS faz algum tempo e já tínhamos 3 meses de imagem atrasados, antes mesmo da pandemia, ninguém da diretoria nos dá nenhuma satisfação”, destacou o jogador.

“Tenho o maior respeito pelo Santos, aos torcedores, tenho um ótimo ambiente com meus companheiros e todos os funcionários do clube, mas não há como permanecer por total falta de respeito e comprometimento com os profissionais”, completou o atleta.

O processo está na Justiça do Trabalho da cidade de Santos."

Com o processo realizado, Sasha não deverá comparecer no treinamento no CT Rei Pelé na tarde desta segunda (20). Vale lembrar que ele treinou normalmente ontem.

Nesta temporada, Sasha participou de dez dos 12 jogos do Santos no ano, marcando dois gols. No ano passado, ele fez 49 jogos, com catorze gols marcados. Vale lembrar que o Santos adquiriu 100% dos direitos econômicos do atacante neste ano, que chegou em troca com Zeca no Internacional. O clube investiu cerca de R$ 12 milhões na contratação.