Futebol Ed Woodward, CEO e vice-presidente do Manchester United, renuncia após protestos contra a Superliga

Ed Woodward, CEO e vice-presidente do Manchester United, renuncia após protestos contra a Superliga

Dirigente executivo da equipe dos Red Devills sofreu pressão dos torcedores e entrou em conflito com jogadores por conta da Superliga

Lance
Lance

Lance

Lance

Após uma série de protestos por parte de torcedores e jogadores contra a Superliga Europeia, os times ingleses recuaram, e começaram a deixar a competição. A questão do Manchester United foi até o CEO e vice-presidente executivo, Ed Woodward, que renunciou ao cargo após pressão.

Veja a tabela do Inglês

Ed Woodward, segundo veículos de imprensa da Inglaterra como o The Athletic e o TalkSPORT, renunciou ao cargo de presidente do Manchester United após sofrer pressão de diversos lados por conta da participação da equipe na Superliga Europeia.

A imprensa inglesa noticia que, além dos protestos dos torcedores dos Red Devills, jogadores como o capitão Harry Maguire e o lateral-esquerdo Luke Shaw confrontaram o presidente do Manchester United, o que pode ter ocasionado a renúncia.

Entende-se que Ed Woodward, que chegou ao Manchester United em 2013, deixará o clube inglês no final de 2021. A decisão foi feita menos de 48 horas após o anúncio da criação da Superliga Europeia, que já não contará com grande parte dos times iniciais.

Últimas