Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Duílio revela conversa com o time feminino e destaca caráter democrático do Corinthians em protestos contra Cuca

Time feminino e o técnico das Brabas, Arthur Elias, se posicionaram sobre a chegada de Cuca ao Timão

Futebol|

Lance
Lance Lance

Após a derrota do Corinthians contra o Goiás, o presidente Duílio Monteiro Alves afirmou que se reuniu e conversou com o elenco feminino no sábado sobre a contratação de Cuca. As jogadoras e o técnico das Brabas, Arthur Elias, postaram uma mensagem nas redes sociais neste domingo (23) exaltando o movimento “Respeita as Minas” e indiretamente criticando a chegada de Cuca.

+ Róger Guedes é único destaque, e defesa é grande culpada em derrota do Corinthians

Em pronunciamento na zona mista da Serrinha, o mandatário corintiano destacou o caráter democrático do clube e aceitou o pensamento contrário.

- O Corinthians é um clube democrático, é o clube do ‘Respeita As Minas’. Elas têm todo o direito de se posicionar. Estive com elas, conversamos por mais de uma hora e meia ontem, foi tudo conversado, explicado e elas tem todo direito de colocar a posição delas. Não sei se dá pra entender como protesto, mas dá pra entender que isso reforça o que é Corinthians, que é o clube do ‘Respeita As Minas’ e nós vamos continuar tratando e fazer tudo que for possível, para que a gente ajude na campanha das mulheres - iniciou o dirigente em entrevista aos canais "Meu Timão" e "Central do Timão".

Publicidade

+ Todos os jogos do Brasileirão você encontra no Prime Video. Assine já e acompanhe o Timão!

Antes de contratar Cuca, Duílio consultou o departamento jurídico do Timão sobre a condenação do treinador por atentado ao pudor com uso de violência contra uma garota de 13 anos durante uma excursão do Grêmio, time em que o profissional defendia à época, ainda como jogador, na década de 80.

Publicidade

O compliance concluiu que a contratação de Cuca seria de alto risco institucional ao Corinthians, algo que foi assumido pela direção corintiana, que, por sua vez, entendeu a necessidade esportiva em contar com o treinador.

+ Veja tabela e a situação do Timão no Brasileirão

Publicidade

- Muita gente que fala que é marketing o "Respeito às Minas", mas nos meus dois anos e meio de gestão nunca teve campanha, mas sim um apoio incondicional ao futebol feminino, tivemos a implantação da base no feminino e profissionais trabalhando em todas as áreas do clube - concluiu Duílio sobre o tema.

Durante a derrota por 3 a 1 contra o Goiás, alguns torcedores corintianos levaram faixas pedindo a saída de Cuca.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.