Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Dorival Júnior explica formação do São Paulo em empate e situação em jogos fora de casa

O treinador justificou o porquê da equipe ainda não ter vencido fora de casa no Brasileiro

Futebol|Do R7

Lance
Lance Dorival Júnior esclarece escolhas para enfrentar o Athletico-PR (Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net)

Dorival Júnior explicou a escalação diferenciada do São Paulo no empate com o Athletico-PR, por 1 a 1, e justificou o que está por trás da ausência de vitórias da equipe em jogos disputados fora de casa nesta edição do Campeonato Brasileiro. A partida válida pela 30ª rodada do Brasileirão foi disputada em Curitiba, na Ligga Arena.

Na escalação, o treinador precisou realizar algumas substituições pontuais, como a entrada de Nathan na titularidade pelo lado direito, por conta da suspensão de Rafinha. Mas existiram outras mudanças notadas também, como Erison como centroavante e Beraldo começando no banco de reservas dando lugar para Alan Franco.

Para explicar as mudanças, Dorival disparou: 'não trabalha com uma equipe de somente onze'. Segundo as palavras do treinador, quer que todos do elenco estejam preparados para jogar quando necessário.

Tudo sobre o Tricolor agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! São Paulo

Publicidade

- Eu trabalho com uma equipe e não com somente onze. Eles estão preparados, independente dos nomes que foram a campo, deram uma resposta positiva. O São Paulo, se vocês observarem minhas escalações da minha primeira e dessa, foram raros os momentos que mantivemos a mesma equipe. Na partida anterior, não tivemos Pablo Maia. Eu trabalho com todos os jogadores, quero que todos estejam preparados - explicou.

Mesmo voltando para a capital paulista com um ponto somado, o São Paulo ainda não conseguiu vencer nenhum jogo fora de casa pelo Brasileirão. Mais uma vez questionado sobre este ponto, Dorival Júnior explicou que a dinâmica enfrentada pelo clube desde o começo da temporada corroborou.

Publicidade

De acordo com o treinador, existiram momentos em que, além do Brasileiro, o Tricolor estava dando conta da Copa Sul-Americana e Copa do Brasil. Assim, é normal que uma competição seja mais valorizada que outra, o que geram estes números.

- Que não soe como uma desculpa, mas decidimos vagas desde a minha primeira partida no clube. Estreio contra o América-MG, Ituano e a gente sai em relação a Sul-Americana. Não tínhamos folego para três ao mesmo tempo, uma se viu pressionada, mas os resultados em casa foram positivos. Fizemos jogos bons fora de casa, onde detalhes nos tiraram a vitória. Quero que a equipe pontue, continue pontuando. Chegamos em final, outra fomos desclassificados nos pênaltis. Foram jogos importantes, decisivos e o que nos tirou possibilidade de estarmos totalmente focados fora de casa. Não acredito que estejamos errados, foi saudável para o clube que conquistou uma competição que não tinha - justificou.

Publicidade

Mas mesmo com esta questão, Dorival Júnior explicitou que a equipe seguirá focada em crescer na tabela do Campeonato Brasileiro, em busca de melhorar a pontuação na tabela.

- Estamos focados nesses jogos finais do Brasileiro, vamos fazer a pontuação que precisamos para melhorar nossa posição no campeonato - completou.

O São Paulo volta a campo na quinta-feira (2), contra o Cruzeiro. A partida será às 20h (de Brasília), no estádio do Morumbi. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.