Futebol Dorival fica pistola com pausas da arbitragem em derrota do São Paulo

Dorival fica pistola com pausas da arbitragem em derrota do São Paulo

Treinador usou a 'falta de dinâmica' como justificativa para a irritação do time durante o jogo

Lance
Lance

Lance

Lance

O técnico Dorival Júnior disparou contra as pausas da arbitragem na derrota do São Paulo para o Goiás pelo Brasileirão. Para o técnico, a falta de dinâmica do jogo causou irritação nos jogadores que estavam em campo.

+ A sua carreira no futebol pode começar hoje. Garanta a sua vaga no curso Gestor de Futebol e capacite-se!

- A irritação é que o jogo não flui. Não temos jogo no Brasil. Todos contribuem para que não exista partida, não exista dinâmica, não exista sequência. Todos que estão em campo sentem isso. Percebem o quanto isso tira o brilho de um espetáculo. Não estou falando com relação ao resultado, falo de um modo geral. O futebol brasileiro precisa repensar tudo isso.

Mesmo na bronca com as paradas, Dorival não colocou o desempenho da equipe de lado na análise. O treinador reconheceu que o gol sofrido no início prejudicou os planos do São Paulo no jogo, mas fez questão de deixar claro como as pausas atrapalharam seu time, que buscava o gol de empate.

- O jogo não é limpo. Fica truncado, parado. Muito dessa situação é em razão dessa perceppão que todo jogador tem dentro de campo. Se você toma um gol, passa a ter que jogar contra muita coisa, que não é o futebol jogado em campo.

Por fim, o treinador reforçou que a culpa para esse problema não é exclusivo da arbitragem, mas de todos os agentes do futebol, como jogadores e treinadores, que atuam no Brasil.

- Tira o desenvolvimento de uma partida, e não muda. Mudam-se nomes e não consegue dar a dinâmica necessária para que você consiga trabalhar. E todos nós que estamos envolvidos contribuímos para que o futebol não desenvolva. Vocês podem ver o tempo de bola parada em uma partida do campeonato brasileiro.

Com a derrota para o Goiás, o São Paulo estacionou no meio da classificação do Brasileirão, na 11ª posição com 35 pontos. Além disso, o Tricolor segue sem vencer fora de casa na competição.

Últimas