Dono do PSG quer Simeone no lugar de Tomas Tuchel para 2020, diz jornal

Segundo o 'AS', da Espanha, a chegada de Diego Simeone, técnico do Atlético de Madrid, seria um 'caminho mais curto' em busca do título da Champions

Lance

Lance

Lance

Tomas Tuchel, atual técnico do PSG, está com a moral baixa com o chefe. Segundo o jornal espanhol 'AS', o dono do clube parisiense, Nasser Al-Khelaifi, não conta com o comandante para 2020 e já tem um nome preferido: Diego Simeoni, que treina o Atlético de Madrid.

Simeoni está no Atlético há sete temporadas e conseguiu resultados expressivos como as duas vezes em que o clube chegou a final da Champions, quando acabaram derrotados pelo rival Real Madrid, nas temporadas 2013/2014 e 2015/2016. Segundo o 'AS', a chegada de Simeone seria um 'caminho mais curto' em busca do título da Champions.

Além de Simeone, o PSG terá que se preocupar com as principais peças do elenco que podem estar de saída. Além de Neymar, que tentou deixar o clube na última janela, Mbappé é o principal alvo do Real Madrid. Segundo um ex-cartola do Monaco próximo do jogador francês, a ida para o clube merengue é 'inevitável'.