Futebol Dono do PSG fala em deixar estádio e ironiza sobre Mbappé: 'Quando nós decidirmos, vamos dizer'

Dono do PSG fala em deixar estádio e ironiza sobre Mbappé: 'Quando nós decidirmos, vamos dizer'

Nasser Al-Khelaifi, mandatário do clube, tentou negociar por permanência do jogador para os próximos anos

Lance

Nasser Al-Khelaifi, dono do PSG, seguirá exercendo sua influência na Uefa. O mandatário foi reeleito para o Comitê Executivo do órgão, nesta quinta-feira (8), no cargo de representante da Associação de Clubes Europeus (ECA).

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Questionado sobre a situação de Kylian Mbappé por alguns jornalistas presentes no local onde a entidade europeia realizou um congresso, o qatari respondeu com ironia às perguntas e não deu muitas informações sobre a novela.

- Quando nós dois decidirmos alguma coisa, avisaremos a vocês - disparou Nasser. Mbappé está em fim de contrato com o Paris, com vínculo expirando ao final de junho, e vive o impasse entre renovar com o clube francês ou realizar o sonho de vestir a camisa do Real Madrid a partir de 2024-25.

➡️ Rumo ao Real Madrid, Mbappé já tem substituto definido pelo PSG, afirma jornal

Além do problema com a principal estrela do elenco, Al-Khelaifi tem lidado também com litígios em relação à casa do PSG. O Parc des Princes, estádio atual do clube, é propriedade da prefeitura local; tendo manifestado interesse em uma compra, o homem forte do futebol francês recebeu recusas por parte de Anne Hidalgo, presidente da Câmara Municipal de Paris.

- É muito fácil dizer só agora que o estádio não está mais à venda. Nós sabemos tudo o que queremos. Perdemos muitos anos tentando comprar o Parc des Princes, e agora acabou. Queremos sair de lá - disse o mandatário.

De acordo com o jornal francês "L'Équipe", a diretoria parisiense já tem uma reunião marcada para esta quinta (8), com o tema principal sendo o avanço na possível aquisição ou construção de um novo estádio.

Últimas