Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Dono do Inter Miami, David Beckham fala sobre venda de gigante europeu: 'É o momento de outra pessoa assumir'

Ex-jogador comenta sobre possibilidade de assumir cargo no clube

Futebol|Do R7

Lance
Lance Beckham atuou pelo Manchester United, Real Madrid e PSG, além de outros (Divulgação/Inter Miami)

Aposentado desde 2013, David Beckham é uma das grandes estrelas do futebol, e que agora vive de negócios. O inglês é dono do Inter Miami, time de Lionel Messi, e mais uma vez falou sobre a situação atual do Manchester United, seu ex-clube.

Em entrevista ao canal norte-americano CNBC, o ex-jogador expôs sua opinião sobre uma possível venda do clube, atualmente propriedade da família Glazer, com Hamad Bin Jassim, primeiro-ministro do Catar, sendo o principal interessado no investimento.

+ Messi pode jogar por outro clube após ‘pausa’ no Inter Miami? Entenda

- No momento, não há estabilidade no Manchester United. Quero ver um novo grupo de proprietários assumir o controle do clube e realmente trazer o clube de volta ao que deveria ser. Não estou dizendo que os proprietários anteriores fizeram um mau trabalho, porque ainda tivemos muito sucesso na área, mas, para mim, é o momento certo para outra pessoa assumir e acho que haverá uma aquisição. Acho que é o momento certo.

Publicidade

O Manchester United faz parte de David Beckham. O ex-camisa 7 foi revelado pelo Red Devils em 1994, onde atuou até 2003, quando foi transferido ao Real Madrid para fazer parte dos 'Galáticos'. O inglês citou a boa fase que viveu quando jogador, diferente da crise atual, e reiterou a importância do clube para o futebol.

- Cresci no Manchester United desde muito jovem e havia muita estabilidade. Tínhamos o mesmo gerente (Sir Alex Ferguson) e os mesmos proprietários. O Manchester United sempre será o United, um dos maiores clubes do mundo.

Publicidade

Recentemente, o nome de Beckham foi ligado à função de embaixador do clube caso Jassim Bin Hamad adquira o clube, devido ao bom relacionamento com o Catar. O ídolo dos Red Devils reiterou que não há nenhuma negociação.

- No momento não há discussão sobre o assunto. Tenho uma relação de longa data com o Qatar devido à minha passagem pelo PSG. As pessoas vão fazer a ligação entre os dois e obviamente vão falar sobre isso, mas ainda não houve uma discussão - finalizou.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.