Futebol Disciplinado, Corinthians lidera estatísticas de fair play no Brasileiro

Disciplinado, Corinthians lidera estatísticas de fair play no Brasileiro

No meio da tabela do campeonato, Timão se destaca em números alternativos no campeonato como menor índice de faltas e de cartões, liderando rankings desse tipo

Lance
Lance

Lance

Lance

Após 15 rodadas completadas no Brasileirão, o Corinthians tem feito uma participação bastante discreta na competição, como já era esperado. Pelo menos o time tem se mantido no meio de tabela, ainda sem beira a zona da degola. Porém, engana-se quem pensa que não há estatísticas de destaques da equipe ate aqui. Atualmente, o Timão é o mais disciplinado do campeonato.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja grandes nomes do futebol mundial livres no mercado

Na 12ª posição na tabela do nacional com 18 pontos, o desempenho alvinegro é mediano, com muitas oscilações e indicando que é pela posições intermediárias que vai brigar ao término das 38 rodadas. Mesmo assim, ha fatores louváveis no time comandado por Sylvinho, principalmente na parte disciplinar, em que ocupa a liderança nos rankings de fair play.

A primeira dessas listas lideradas pelo Corinthians é a de número de faltas cometidas. Em 15 partidas, a equipe cometeu apenas 187 infrações, o que dá uma média de 12,47 por jogo. Tanto em números absolutos quanto em média, o Timão tem uma liderança tranquila. O Red Bull Bragantino, vice-líder, cometeu 206 faltas em 15 duelos, média de 13,73 por jogo. (fonte: Footstats)

Em outro ranking, o de cartões amarelos. os índices são igualmente interessantes, uma vez que o número de advertências é bastante baixo. São apenas 23 cartões para jogadores em 15 rodadas, média de 1,53 por partida. Além disso, é um dos quatro clubes que ainda não tiveram jogadores expulsos no campeonato. Algo bem difícil com o rigor atual da arbitragem e do VAR.

Mas não são apenas os jogadores que se mostram disciplinados, a comissão técnica também dá o exemplo e se mantém ilesa em relação às advertências. Até aqui, nem Sylvinho, nem os membros do estafe corintiano receberam cartão amarelo ou vermelho. Isso faz com que o Corinthians seja o único que ainda não levou cartões desse tipo na competição. Os outros 19 times já tiveram alguma expulsão ou alguém amarelado na comissão técnica.

Há quem critique esses números por conta da falta de pegada do time, ou de evitar muitas vezes a chamada falta tática, para parar um contra-ataque ou algum lance de perigo para não levar gols. No entanto, para um elenco limitado e com carências, é importante não perder jogadores por suspensão ao longo do campeonato ou de um jogo. E esse gerenciamento Sylvinho tem feito bem.

Neste momento, o Corinthians tem quatro atletas pendurados: Gil, Gabriel, Roni e Cantillo, todos importantes no esquema do treinador, especialmente o zagueiro, que não tem uma reposição do mesmo quilate no elenco. Para o próximo domingo, contra o Ceará, o baixo número de faltas e de cartões servirá também para preservar esses possíveis danos no grupo daqui para frente.

Últimas