Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Dirigente do Corinthians dispara contra Júnior Moraes: 'Covarde e mentiroso’

Atacante acionou o time na Justiça e alega que o clube alvinegro não recolheu FGTS e deve a ele 11 meses de direitos de imagem 

Futebol|Do R7


Junior Moraes foi afastado do Corinthians em maio
Junior Moraes foi afastado do Corinthians em maio

Alessandro Nunes, gerente de futebol do Corinthians, foi direto e fez fortes críticas a Júnior Moraes, que acionou o Timão na Justiça e pediu rescisão contratual. O dirigente se desculpou com a torcida corintiana e chamou o centroavante de mentiroso e covarde. O atleta foi afastado pela diretoria no começo de maio e vem treinando separado do elenco alvinegro.

- Sobre este atleta, tenho de ser muito franco: tenho que pedir desculpas para o torcedor corintiano, por uma contratação tão infeliz que fizemos. Vestir a camisa do Corinthians precisa ter coragem, personalidade e este que eu prefiro nem mencionar o nome foi covarde e, principalmente, mentiroso (...) Lamento que o torcedor corintiano tenha visto ele com a camisa do Corinthians - iniciou.

- Infelizmente lamento muito, teve um comportamento que descrevi, ponto final. A gente cuida dos atletas que vão vestir nossa camisa e honrar tudo que nosso clube representa, força, humildade, garra. Ponto final sobre este assunto, que está sendo tratado pelo futebol e jurídico. Não vamos mais falar disso - concluiu Alessandro.

Júnior Moraes alega que o clube alvinegro está devendo 11 meses de direitos de imagem, totalizando R$ 2,8 milhões. Além disso, também é cobrada a ausência de recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). No total, o valor da ação está em R$ 3,9 milhões, considerando juros e correção.

Publicidade

O atleta de 36 anos, contratado pelo Timão no primeiro trimestre do ano passado, conviveu com lesões desde que conseguiu sair da guerra na Ucrânia e chegou ao CT Joaquim Grava. Ao todo, disputou 21 jogos e balançou as redes apenas uma vez.

Mesmo sem trabalhar, treinadores recebem 'salários' milionários de clubes brasileiros; entenda

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.