Futebol Dirigente da Viola lamenta saída de Chiesa: 'Amor não correspondido'

Dirigente da Viola lamenta saída de Chiesa: 'Amor não correspondido'

Atacante da Fiorentina acertou acordo com a Juventus nesta janela de transferências. Chiesa é um dos principais jovens atacantes da Itália e se destacou pela Viola

Lance
Lance

Lance

Lance

A saída de Federico Chiesa para a Juventus ainda é alvo de comentários por parte dos dirigentes da Fiorentina. Apesar do excelente aspecto financeiro do negócio em tempos de crise econômica, Daniele Pradè, diretor esportivo da Viola, adotou um discurso de traição do jovem italiano ao optar jogar pela Velha Senhora.

- Um amor não correspondido não pode manter uma história. Para ele, éramos apenas um veículo para ir embora. Aconteceu, mas da parte econômica foi uma operação excelente para nós, pois 60 milhões de euros (R$ 390 milhões) em um período como esse é muito.

Chiesa é um dos principais jovens atacantes do futebol italiano e aproveitou a saída de Gonzalo Higuaín para conquistar um espaço no elenco do atual campeão nacional. A expectativa é de que o centroavante possa atuar diante do Crotone, no próximo dia 17 de outubro e debutar com a camisa alvinegra.

Últimas