Dirigente da Inter diz que Lautaro só sai se Barcelona pagar multa

Piero Ausilio afirmou que clube italiano não tem interesse de vender seus principais jogadores. Cláusula para saída de argentino só é valida por um período de 15 dias em julho

Lance

Lance

Lance

Piero Ausilio, diretor esportivo da Inter de Milão, declarou que não irá facilitar a vida do Barcelona na operação por Lautaro Martinez, em entrevista para o programa “El Mercato que Viene”. O italiano acredita que qualquer clube que queira o argentino deve pagar a multa que está estabelecida no contrato que é de R$ 111 milhões de euros (R$ 645 milhões).

- Só há uma forma de tirá-lo da Inter. Se querem Lautaro, terão que pagar a cláusula. Uma cláusula que todos conhecem: exigente porque tem prazos e compromissos que devem se manter precisos.

No entanto, este valor estipulado para que o atacante deixe o clube italiano é válido somente por um período de 15 dias no mês de julho. O dirigente disse que não tem interesse em vender os jogadores mais importantes do plantel, o que dificulta a ação dos culés no mercado, pois não possuem dinheiro para pagar a cláusula e tentam atuar no mercado através de trocas.

Lautaro Martínez é o grande desejo dos catalães nesta janela de transferência e especulado com muita força nos últimos meses. O atacante também tem desejo de jogar ao lado de Messi, mas por conta da pandemia do coronavírus, o camisa 10, que tem contrato até 2022, pode ter que esperar para vestir a camisa blaugrana.

Neste período, o Barcelona tentou incluir jogadores, como Semedo, Umtiti, Vidal e Rakitic em uma negociação, mas nenhuma ação surtiu efeito. Outros clubes como Manchester City e Paris Saint-Germain também tentaram uma aproximação com o atleta, mas se afastaram da operação por conhecerem o desejo do argentino.