Futebol Diniz vê boa partida do Santos e vitória de um time "corajoso"

Diniz vê boa partida do Santos e vitória de um time "corajoso"

Técnico elogiou a postura do Santos que venceu o Libertad com um gol nos acréscimos e jogando com um homem a menos na Vila Belmiro. Jogo de volta ocorre na próxima semana

Lance
Lance

Lance

Lance

O técnico Fernando Diniz vibrou muito com a vitória santista no duelo contra o Libertad, por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, na Vila Belmiro. Com o resultado, o Peixe largou na frente para conquistar a vaga para as semifinais da Copa Sul-Americana.

Após o duelo, o treinador enalteceu a postura da equipe. Em sua coletiva de imprensa, o técnico alvinegro falou em "time corajoso".

“Eu acho que foi uma grande vitória. O segundo tempo estávamos num momento bom, estávamos encurralando e oferecendo nada de contra-ataque. Eu acho que pela maneira que o time estava jogando, relaxamos um pouco, mas acabou acontecendo, pegou desprevenido, foi um erro nosso defensivo, uma coisa fácil de se corrigir. Teve a expulsão e o azar de tomar o gol. Mas isso aí depois foi a chance de mostrar o que mostrou, que foi o melhor do time depois da expulsão. Time corajoso, coeso e se ajudando até o final”, comentou Diniz.

Apesar da superação, o treinador foi questionado sobre a partida que o Peixe realizou. Diniz, por sua vez, viu uma boa partida do time santista.

“Isso é sua opinião (time jogou mal). Na minha opinião não, é o contrário da sua. O time no primeiro tempo podia ter jogado um pouco melhor, mas depois do meio do primeiro tempo, ele se encontrou. Estava muito mais perto de fazer o gol. No segundo tempo estava jogando muito melhor que o Libertad, e depois jogou melhor com um a menos”.

Santos e Libertad voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, no Paraguai. O Peixe joga pelo empate para se classificar para as semifinais da Sul-Americana. Se perder por um gol de diferença em um placar com muitos gols, o time também avança na competição. Caso o Libertad vença o jogo por 2 a 1, a classificação será decidida nos pênaltis. Para passar nos 90 minutos, o time paraguaio precisa vencer o Santos por 1 a 0 ou por mais de dois gols de diferença.

Últimas