Futebol Diniz detona gramado na Bahia: 'Sem condições de praticar futebol'

Diniz detona gramado na Bahia: 'Sem condições de praticar futebol'

Técnico reclamou da condição do gramado do Estádio Adauto Moraes na derrota do Santos diante da Juazeirense na Copa do Brasil

Lance
Lance

Lance

Lance

A derrota do Santos para a Juazeirense, no jogo da volta da Copa do Brasil, ficou marcada além do futebol ruim praticado pela equipe santista, pelo gramado ruim. O capitão Pará, após o jogo, criticou as condições do campo, assim como o técnico Fernando Diniz.

- O campo muito ruim para se jogar, não tem condição mínima para praticar futebol. Mas isso não é desculpa para tomar os gols que tomamos. Isso dificulta para ter uma saída mais elaborada, mas não é justificativa para fazer o primeiro tempo que a gente fez - disse Fernando Diniz.

O treinador falou sobre o primeiro tempo do Peixe. A equipe levou dois gols em bolas alçadas na aérea. Com 27 minutos de jogo, o Santos perdia por 2 a 0.

- É difícil falar como o time entrou. Ele entrou bem, mas não sei se foi falta de concentração, dispersão, não sei. O que aconteceu é que no primeiro tempo sofremos muito mais do que deveríamos ter sofrido. No segundo tempo ficou mais equilibrado.

Últimas