Diniz culpa emocional do São Paulo pela derrota para o Palmeiras

Técnico do Tricolor comentou sobre o desempenho de seus jogadores após a derrota para o Palmeiras, na noite desta quarta-feira, no Allianz Parque

Fernando Diniz espera time mais forte contra Chapecoense, no sábado

Fernando Diniz espera time mais forte contra Chapecoense, no sábado

Lance

Na derrota para o Palmeiras na noite da última quarta-feira (30), pelo Campeonato Brasileiro, o São Paulo pouco fez, praticamente não levando nenhum perigo ao adversário no clássico. A equipe comandada por Fernando Diniz sofreu rapidamente o primeiro gol, logo aos 11 minutos do primeiro tempo, e não conseguiu se recuperar no restante da partida. Em entrevista coletiva após o duelo, o técnico do Tricolor ressaltou o trabalho emocional que vem fazendo junto aos seus jogadores para este tipo de situação.

– Essas questões (emocionais) estamos trabalhando constantemente, porque eu valorizo muito esse aspecto. Falei constantemente disso. Você vai amadurecendo a equipe durante os jogos. O que temos de entender, principalmente em um clube grande como o São Paulo, é que se você ganha hoje, tem que ganhar amanhã e depois de amanhã. É isso que a torcida espera. Aqui não tem... Espero que todo mundo corra atrás. É ganhar e continuar ganhando, para você ajustar o time nas vitórias. E não acontecer o motivo de acomodação, como aconteceu, para mim, do Corinthians para o Cruzeiro e da partida contra o Atlético-MG para a de hoje – comentou o treinador, completando:

– O comportamento do time foi muito semelhante com o que aconteceu lá em Minas, contra o Cruzeiro. Acho que o time fez um bom jogo contra o Corinthians, se satisfez com o jogo e não conseguiu se alimentar da vitória para enfrentar o Cruzeiro. E não soube se alimentar da vitória contra o Atlético-MG para encarar o Palmeiras. Acho que esse foi o principal defeito. O problema central do nosso jogo de hoje foi entrar com o mapa distorcido, com o mapa emocional distorcido, achando que o jogo seria igual, que a gente encontraria as mesmas facilidades. Pecamos e sofremos por conta disso.

Com o resultado, o São Paulo permaneceu com 49 pontos, em quarto lugar. A equipe volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no sábado, quando visita a Chapecoense.

Reta final! Veja os últimos jogos do seu time no Brasileirão