Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Diniz critica arbitragem e cita expulsão de Samuel Xavier em empate do Fluminense: 'Nem falta foi'

Treinador afirma que o erro foi determinante para o Tricolor não conquistar a vitória

Futebol|Do R7


Lance
Diniz ficou irritado com a expulsão de Samuel Xavier e também ao ser questionado pela escalação diante do Internacional (MAURO PIMENTEL / AFP)

O técnico Fernando Diniz ficou na bronca com a arbitragem do argentino Dario Herrera, no empate do Fluminense com o Internacional, em 2 a 2, no Maracanã, pelo primeiro jogo da semifinal da Copa Libertadores. Para o treinador, a expulsão de Samuel Xavier foi injusta e isso foi determinante para o Tricolor não sair de campo vitorioso.

- Fiquei contente com o que o Fluminense fez. Ponto negativo claramente foi a arbitragem. No primeiro lance que ele dá amarelo para o Samuel Xavier, teve falta do Enner Valencia no Nino. Aí se pode admitir, que por ser Libertadores, não se marca qualquer tipo de falta, então a primeira falta não era para cartão amarelo. Depois, quando ele expulsa o Samuel, ele expulsa com uma convicção, que eu fiquei até chateado com o Samuel. Como o Samuel faz um lance desse? O Samuel nem encosta, ele recolhe o pé, e ele dá o segundo cartão amarelo. Nem falta foi. Ele compromete o andamento do jogo - disparou Diniz, que completou.

+ Confira os confrontos da semifinal da Libertadores

- A gente espera que a arbitragem seja justa. Que lá em Porto Alegre, a arbitragem seja justa e que vença o melhor. Ele deu três minutos de acréscimo e o gol saiu depois de vários ataques do Internacional. Não subiu uma placa com tempo a mais. Espero que a arbitragem seja justa como deve ser.

Publicidade

Apesar de ter um jogador a menos por mais de um tempo de jogo, o Fluminense conseguiu empatar com o Internacional, após sofrer a virada. Fernando Diniz valorizou a entrega do time e o apoio da torcida para conseguir o resultado.

- Treinamos com um jogador a menos e isso nos ajuda em desvantagem numérica. Mas o que mais ajudou foi a entrega dos jogadores e o ganho do acréscimo da torcida, que passou a cantar mais ainda, que jogou junto mais uma vez. A gente agradece a torcida do Fluminense e lá no Sul vamos fazer de tudo para correr por eles.

Publicidade

+ Garanta a sua vaga no curso que Pet, Dante e outros craques da bola participaram também. Cupom: LANCE400

Além da arbitragem, Fernando Diniz também demonstrou irritação ao ser questionado sobre a escalação. A titularidade de Ganso e Alexsander no banco gerou críticas ao treinador, que respondeu contrariado sobre a dúvida por sua escolha.

Publicidade

- Vocês poderiam ficar surpresos, mas não deveriam. Jogamos assim contra o Olimpia, então era uma das possibilidades, jogar com ele (Ganso) ou Alexsander. Se o Alexsander saísse jogando vocês falariam que era surpresa porque alguém não jogou. O critério foi o melhor time que eu achei que ficaria tudo bem. É uma formação totalmente coerente do que foi apresentado e jogado quando temos todos à disposição.

O jogo da volta, no Beira-Rio, será na quarta-feira, às 21h30. Um novo empate levará a disputa para os pênaltis. Quem vencer estará na decisão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.