Futebol Devolvido ao Corinthians, Richard dá sua versão da saída do Athletico-PR

Devolvido ao Corinthians, Richard dá sua versão da saída do Athletico-PR

Volante foi desligado do clube paranaense por ato de disciplina ao deixar o estádio sem permissão. No entanto, o atleta do Timão afirmou que foi autorizado a ir para casa

Lance
Lance

Lance

Lance

Após o Athletico-PR comunicar seu desligamento em nota oficial, foi a vez de Richard, devolvido ao Corinthians, dar sua versão sobre o assunto. Segundo o volante, não houve ato de indisciplina, segundo informou o clube paranaense. Por parte do Timão, que ainda não se manifestou oficialmente, a insatisfação foi grande, algo que, inclusive, foi utilizado no texto divulgado pelo atleta.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja até quando vai o contrato de cada jogador do Corinthians

O Furacão informou que Richard pediu para ser substituído no intervalo da partida contra o Fluminense, no último dia 17 de outubro, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, e "saiu mais cedo do estádio, mesmo contra a orientação da comissão técnica e sabendo que poderia ser sorteado para o exame antidoping".

Segundo Richard, porém, não foi isso o que aconteceu. De acordo com o texto publicado em suas redes sociais, o volante disse que teve sim autorização para deixar a Arena e minutos depois foi comunicado que deveria retornar por conta do antidoping, que ainda seria sorteado. Por estar próximo de sua casa, ele pediu para aguardar o sorteio do exame por lá. Ao ser sorteado, solicitou ao supervisor do clube para buscá-lo, pois não tinha condições de dirigir.

Ainda no texto, Richard afirmou que apenas dois dias depois da partida ele foi chamado na sala do diretor de futebol do Athletico para ser comunicado de que seria desligado do clube por ordem do presidente. Dali em diante, ele treinou de forma separada até que o mal entendido fosse solucionado, mas acabou sendo impedido de treinar na última quarta-feira sem explicação por parte dos dirigentes. Ele agradeceu os torcedores e lamentou o afastamento.

Todo esse episódio não desagradou apenas Richard, como também a diretoria do Corinthians, que ficou incomodada com a medida tomada pelos paranaenses e tentou mudar o panorama, principalmente por não ter sido convencida dos motivos que levaram ao rompimento. A tendência é que, apesar da insatisfação, a cúpula corintiana aceite a decisão do Furacão, o que ainda não foi tratado de maneira oficial até o fechamento desta reportagem.

O contrato de empréstimo de Richard com o Athletico-PR iria até o final deste ano, mas o clube paranaense preferiu não contar mais com o jogador e o devolveu ao Timão, que por sua vez ainda não decidiu o que fará com o meio-campista no futuro. Certo é que ele será observado pela comissão técnica nos próximos meses para aí sim uma decisão ser tomada, o que pode ser a reintegração ao elenco, uma venda ou até mesmo outro empréstimo.

Richard disputou 71 partidas com a camisa do Athletico, sendo 20 delas por esta edição do Campeonato Brasileiro. E por já ter realizado este número de confrontos pela equipe, não poderá ser utilizado pelo Corinthians nesta reta final da competição, na qual o Alvinegro ainda tem dez jogos a realizar.

Últimas